segunda-feira , 24 setembro 2018

14 presos, sendo dois PMs, em operação em Friburgo, Itaocara, Itaperuna, Pádua e municípios de MG Operação é para desarticular quadrilha responsável pelo abastecimento de drogas em municípios do Norte e Noroeste Fluminense e cidades do interior de Minas

Operação é para desarticular quadrilha responsável pelo abastecimento de drogas em municípios do Norte e Noroeste Fluminense e cidades do interior de Minas

Fotos: divulgação

O Ministério Público do Estado do Rio, por meio da Promotoria de Justiça de Natividade, em parceria com a Polícias Militar e Civil, deflagrou uma grande operação para desarticular uma quadrilha responsável pelo abastecimento de drogas em municípios do Norte e Noroeste Fluminense e cidades do interior de Minas. Entre as 14 pessoas que já foram presas, estão dois policiais militares. Um dos PMs que foram presos é lotado na Polícia Rodoviária Estadual e atuava no Posto 13, em Ponto de Pergunta, em Itaocara.

A ”Operação Górgona”, que foi desencadeada nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (11/07), tem o objetivo de cumprir 21 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão expedidos pelo juízo da Vara Única da Comarca de Natividade, no Noroeste Fluminense.  A ação é resultado da investigação iniciada em 2016 sobre o tráfico de drogas na região. A pedido do MPRJ, o Juízo da Vara Única de Natividade autorizou interceptações telefônicas. 

Os mandados foram cumpridos em Natividade – sede da operação -, Itaperuna, São José de Ubá, Santo Antônio de Pádua, Itaocara e Nova Friburgo no Estado do Rio, além de Patrocínio do Muriaé e Cataguases, em Minas Gerais.

A operação conta com o apoio de cerca de 70 policiais militares do 29º BPM e do 36º BPM, GAP de Itaperuna, Nova Friburgo, Campos e Macaé, da corregedoria da Polícia Militar, policiais civis de Natividade e Itaperuna e policiais militares de Patrocínio de Muriaé e Cataguases.

Na ação, foram apreendidos uma pistola, um revólver de calibre 38, duas espingardas – uma de calibre 12 e outra de 38 -, farta quantidade de munição, 32 aparelhos celulares, um tablet, comprovantes de depósito bancário, cerca de 160 gramas de maconha, certa quantidade de cocaína, duas balanças de precisão, grande quantidade de material para endolação de drogas e aproximadamente R$ 12 mil em espécie e R$ 5 mil em cheques.

Outras informações em breve


Mais do SFn