terça-feira , 18 fevereiro 2020

23 casas e posto de saúde são interditados após deslizamento em Pádua; Rio Pomba chega a 6,18 metros De acordo com a Defesa Civil, ainda existe o risco de mais deslizamentos; unidade de saúde foi evacuada e interditada

De acordo com a Defesa Civil, ainda existe o risco de mais deslizamentos; unidade de saúde foi evacuada e interditada

Imagens: TV Interior

Já não chove desde a tarde desta quinta-feira (13) em grande parte do Norte e Noroeste Fluminense, mas com o grande volume registrado ontem, o solo continua bastante encharcado nessas regiões, aumentando o risco para deslizamentos. Foi o que ocorreu em Santo Antônio de Pádua, que sofre com a segunda cheia do Rio Pomba neste ano. Na manhã desta sexta (14), um deslizamento de terra afetou 23 residências e a Unidade Básica de Saúde Nery Ramos Ferreira no bairro Glória. De acordo com a Defesa Civil, os imóveis estavam ocupados no momento do incidente, mas ninguém ficou ferido. Agentes visitaram as casas orientando os moradores a evacuar o local, pois ainda existe o risco de mais deslizamentos. Os moradores estão sendo atendidos pela Secretaria de Desenvolvimento Social. (continua após a foto)

A Unidade Básica de Saúde foi vistoriada, evacuada e interditada pela Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Regional da Defesa Civil do Norte-Noroeste (REDEC). Equipes da Secretaria de Obras auxiliaram nos trabalhos de evacuação e retirada de móveis e equipamentos da UBS. O Departamento de Recursos Minerais do Estado do Rio de Janeiro (DRM-RJ) realizará outra vistoria nas próximas horas. Segundo o secretário de Defesa Civil Otony Faria, o local oferece risco iminente aos moradores das áreas afetadas. O Rio Pomba também oferece perigo aos moradores de áreas de risco. Diversas ruas estão inundadas e as principais vias do centro foram interditadas pela Guarda Civil Municipal. Os paduanos atingidos pelas cheias estão sendo encaminhados para o CIEP 469 Anaíde Panaro Caldas, onde também foi montado o atendimento de emergência do Hospital Hélio Montezano de Oliveira, que foi evacuado nesta quinta. (continua após a foto)

O Rio Pomba atingiu 1,18 m acima da cota de transbordo nesta sexta-feira (14), chegando a 6,18 metros, conforme registro do sistema de Alerta de Cheias, do Instituto Estadual do Ambiente. A cota de transbordo na cidade é de 5 metros, e no começo da noite desta quinta (13) o nível do rio estava em 5,84 m. O volume de chuva registrado, pelo pluviômetro localizado no bairro Dezessete, nas últimas 96 horas foi de 131 mm, sendo 109 mm nas últimas 72h e 95.2 mm nas últimas 48h. Já no Centro choveu 126.6 mm nas últimas 96h, sendo 105.6 mm em 72h e 91 mm nas últimas 48h. Ruas da Beira Rio, Tavares, Centro, Cehab, Aeroporto, Cidade Nova, Carvalho e Mirante estão inundadas. Na enchente registrada em janeiro deste ano, o rio não passou dos 6,06 m. Quando atingiu essa marca, o mesmo estabilizou e começou a baixar.

Mais do SFn