sexta-feira , 6 dezembro 2019

A dois meses para o Natal, árvores e enfeites já ganharam espaço em lojas de São Fidélis Árvores, pisca-piscas, bolas decorativas e outros itens dividem espaço com as flores artificiais para o Dia de Finados; Nos supermercados, panetones também já invadiram as prateleiras

Árvores, pisca-piscas, bolas decorativas e outros itens dividem espaço com as flores artificiais para o Dia de Finados; Nos supermercados, panetones também já invadiram as prateleiras

Fotos: SF Notícias

Faltam exatamente dois meses para o Natal, mas alguns comerciantes de São Fidélis já estão faturando com a venda de artigos natalinos. Mesmo antes do Dia de Finados, outra data que movimenta o comércio com a venda de flores artificiais e naturais, algumas lojas já apostaram na comercialização de árvores, pisca-piscas, bolas decorativas, guirlandas, festões e outros enfeites. Nos supermercados, os panetones, castanhas e frutas típicas também já invadiram as prateleiras. A antecipação da venda de itens de decoração tem por objetivo aquecer as vendas. Para a gerente de uma loja de variedades localizada na Rua Dr. José Francisco, no Centro, com o movimento ainda fraco, a ideia de mesclar a venda de flores com artigos decorativos tem dado certo, já que quem procura pelas flores, acaba se interessando pelos enfeites. “Nossa expectativa é vender o máximo possível, para não ficar com nada guardado. A venda aumenta lá pra Novembro. Agora, temos árvores, pisca-piscas, bolas. Mas, está para chegar enfeites diferentes, que a gente não teve ano passado. Acredito que vai ter bastante movimento” – afirma.

Árvores já decoradas de diversos tamanhos e pisca-piscas de led, também são apostas da loja para este fim de ano. A variedade de preços deve atrair os consumidores, com árvores a partir de R$ 4,99, conjunto de bolas a partir de R$ 2,50 e pisca-piscas por R$ 7,99. O cliente contará ainda com desconto. Em outra loja no Centro, na Rua Dr. Alberto Torres, a decoração natalina também já divide espaço com as flores artificiais. “Todos os anos a gente expõe produtos de Natal depois do Finados, mas esse ano os clientes têm procurado, antecipado. Apesar dessa crise financeira que o país e a nossa cidade passam, a gente está com grande expectativa, porque se nós comerciantes não tivermos essa expectativa, a gente mesmo se enfraquece. Mas, se Deus quiser vamos fazer uma venda muito boa” – ressaltou o proprietário do estabelecimento. Ele disse ainda que as vendas devem aumentar no início de novembro, quando a loja ampliará a variedade de produtos para o Natal, com preços ainda melhores que no ano passado. Também são oferecidos descontos.

Mais do SFn