terça-feira , 14 agosto 2018

Acidente entre carro e ônibus deixa um morto na BR 101

COLISÃO 101

Um ônibus da Viação Águia Branca, que fazia a linha Salvador-Rio e um Peugeot
bateram e pegaram fogo, por volta das 13h30m deste domingo (25/08). O acidente
que aconteceu em uma curva no km 97 da BR-101, em Caxeta. O motorista do Peugeot morreu carbonizado. No primeiro momento chegou-se a pensar que teriam mais mortos no carro de passeio, o que foi descartado. Com a colisão o carro foi parar embaixo do ônibus.

Segundo a perícia o carro de passeio atingiu a lateral esquerda do ônibus e depois foi arrastado para frente, os dois veículos pegaram fogo. O incêndio começou no Peugeot e rapidamente atingiu a parte da frente do ônibus. Quando o motorista conseguiu parar os passageiros desesperados conseguiram sair quebrando os vidros do coletivo. Muitos perderam a bagagem com o incêndio.

Alguns passageiros precisaram de atendimento médico, devido ao susto, outros foram levados para o Hospital Ferreira Machado (HFM) em Campos, com escoriações leves nos braços e pernas. A quantidade exata não foi repassada pelos socorristas.

COLISÃO 101 2O motorista do ônibus, João de Deus Mesquita, teve um corte na cabeça, foi atendido no local e levado para o HFM. Ele contou como foi a colisão: “Fiz o que pude, tentei desviar e o ônibus quase tombou. O carro vinha na contramão fazendo zigue-zague”, disse emocionado, João dirige profissionalmente há 35 anos.

O passageiro Walax de Sousa contou que o ônibus saiu de Salvador às 23h40m deste sábado e estava com todos os lugares ocupados. “Depois da batida, o ônibus arrastou o carro por mais de 100 metros, quando começou o fogo cada um saiu por onde pôde”, contou.

Já o passageiro Roni Wesley teve ferimento em uma das mãos ao tentar abrir a janela. “Na hora a trava de segurança não estava funcionando, tivemos que quebrar com o pé. O desespero foi grande só víamos as bagagens caírem no chão e tentamos abrir as janelas para escaparmos”, explicou o desempregado.

“O motorista do ônibus foi um herói por pouco não aconteceu uma tragédia maior”, falou o marinheiro Armando Santos. COLISÃO 101 4O Corpo de Bombeiros Militar utilizou mais de 30 mil litros de água para conter as chamas. A área foi isolada por causa do incêndio e para o atendimento às vítimas. O engarrafamento chegou a mais de cinco quilômetros. Uma hora e meia após o acidente o tráfego foi liberado no sistema pare e siga.

Por volta das 17h30m a equipe da Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi chamada novamente ao local já que os passageiros do ônibus da Águia Branca tentaram fechar a pista pedindo atendimento da empresa às vítimas. Os passageiros que não foram encaminhados ao HFM ficaram no local do acidente esperando que a empresa ajudasse eles com outro coletivo até o Rio de Janeiro. E tomasse providência no caso da perda total das bagagens.

COLISÃO 101 5

COLISÃO 101 6

Fotos/ Mauro de Souza

Fonte/Ururau


Mais do SFn