quarta-feira , 25 Abril 2018

Acidentes deixam cinco mortos e 17 feridos em uma semana, em São Fidélis Entre o dia 27/03 e esta segunda (02/04) foram registrados seis acidentes na cidade; Um jovem, duas crianças e dois homens morreram

Entre o dia 27/03 e esta segunda (02/04) foram registrados seis acidentes na cidade; Um jovem, duas crianças e dois homens morreram

Giovanne, vítima fatal do acidente de sexta (30)

O número de acidentes, alguns graves, registrado em São Fidélis em apenas seis dias assustou os moradores. Desde o dia 27, quando ocorreu o primeiro acidente, cinco pessoas morreram, entre elas duas crianças, e outras 17 ficaram feridas.

Na última terça (27), um taxista ficou ferido após seu veículo capotar na altura do KM 118 da RJ-158, próximo da Praça de São Cristóvão. Ele foi socorrido pelos bombeiros e encaminhado para o Hospital Armando Vidal (HAV), onde ficou internado em observação.

No noite de quinta (29), um motociclista ficou ferido após se envolver em uma colisão com um carro na Avenida Teodoro Gouvêia de Abreu, no São Vicente. Ele também foi levado para o HAV pelos bombeiros, mas transferido para Campos. No carro, onde estavam mãe e filho, ninguém se feriu.

No feriado da sexta-feira da Paixão, um jovem de 22 anos morreu e um homem ficou gravemente ferido em um acidente ocorrido na estrada que da acesso à localidade de Valão dos Milagres. As vítimas estavam em uma moto que colidiu contra um caminhão que estava parado.

Acidente de sábado deixou quatro mortos e oito feridos

Com o impacto da batida, uma das vítimas, identificada como Giovanne Barcelos Campos, não resistiu e morreu no local. O outro rapaz foi socorrido em estado grave pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o HAV, mas também transferido para o Hospital Ferreira Machado, em Campos.

O sábado de aleluia foi marcado por uma tragédia. A colisão entre um carro de passeio, com moradores de São Fidélis, e uma Kombi, com moradores de Itaocara, deixou quatro mortos, entre eles dois irmãos pequenos, e oito feridos.

O acidente aconteceu na RJ-158, na Praça de São Cristóvão, no trecho que liga São Fidélis ao distrito de Pureza. Com o impacto da batida, a kombi tombou. Nela havia seis pessoas. Outras seis pessoas – dois homens, uma mulher e três crianças – estavam no automóvel. Flávio Menezes André, de aproximadamente dois anos, morreu no local.

Vítimas fatais do acidente de sábado (31)

As outras vítimas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros de São Fidélis, de Cambuci e por viaturas da Central de Ambulâncias do SUS de São Fidélis. Todas foram encaminhadas para o Hospital Armando Vidal (HAV), no Centro da cidade.

O pequeno Felipe Menezes André, irmão de Flávio, morreu momentos após dar entrada no HAV. Arlindo Roberto da Cruz Rocha, conhecido como Roberto Farinha, morreu a caminho do HAV. Já Irineu Mendes, de 59 anos, morador de Jaguarembé, que estava na Kombi, morreu no Hospital Ferreira Machado (HFM).

Além de Irineu, uma outra criança, irmão de Flávio e Felipe, a mãe das crianças, Francilane Menezes de Souza, um homem que estava no carro, e outras três pessoas que estavam na Kombi foram para o HFM. Uma mulher e seu filho, que estavam na Kombi, ficaram no hospital de São Fidélis, mas já receberam alta.

No domingo de Páscoa, um homem ficou ferido em um acidente ocorrido próximo a Praça Teixeira Soares, no Centro. A vítima estava de moto e se envolveu em uma colisão com outra motocicleta. Ele foi socorrido pelos bombeiros para o HAV. O outro condutor deixou o local antes da chegada dos bombeiros. 

Já nesta segunda (02/04), um acidente envolvendo um caminhão que transportava gás veicular e um carro de uma serralheria de Miracema interditou a RJ-158 que liga São Fidélis a Campos. O acidente aconteceu na altura do KM 144, entre o o sítio do Deputado Paulo Feijó e o Morro do Gambá.

No carro estavam quatro homens e no caminhão que transportava gás apenas a motorista. Os cinco foram encaminhados para o Hospital Armando Vidal, no Centro de São Fidélis, com ferimentos leves. Houve vazamento de gás e de diesel e a rodovia só foi completamente liberada 13 horas depois do acidente. Durante a interdição, os motoristas precisaram usar a RJ-234, que liga Pureza ao município de Cardoso Moreira, e seguir pela BR-356 até Campos.


Mais do SFn