terça-feira , 21 novembro 2017

Álbum de figurinhas da Copa do Mundo vira febre nas ruas

Fotos: Jainne Oliveira
Fotos: Jainne Oliveira

A prática de colecionar figurinhas é algo tradicional há vários anos pelos amantes desta atividade, e neste ano de Copa do Mundo não está sendo diferente. A chegada dos álbuns da Copa está unindo as pessoas nas escolas, ruas, praças, e os colecionadores estão presentes em todo lugar com seus álbuns em mãos, trocando suas figurinhas repetidas.

Segundo o proprietário de uma banca, Benites Pinheiro,  a procura pelo álbum e figurinhas do Mundial está muito alta e o fluxo de pessoas  de todas as idades é grande, afirmando ser uma verdadeira febre que está contagiando a todos.

Em entrevista à nossa equipe, um praticante do hobby Dhiego Silvino, de 13 anos, contou ser colecionador de figurinhas desde a Copa do Mundo de 2010 em que conseguiu completar o álbum; e agora pretende terminar de completar o deste ano, tendo 400 espaços já preenchidos em um total de 650.

“Coleciono por ser algo muito divertido e também por gostar de ficar trocando figurinhas com meus amigos.” Disse o Estudante.

Estudante - Dhiego Silvino
Estudante – Dhiego Silvino

Dhiego está cursando o 8º ano do ensino fundamental e afirma sempre se unir com seus colegas ao sair da escola, algo que se tornou rotineiro. Relatou ainda acreditar que o Brasil tem chances de ganhar a Copa, mas que os outros times também são bem fortes. O seu jogador preferido entre todos os outros é o Lionel Messi, futebolista argentino; e o seu jogador brasileiro preferido é o Neymar.

De acordo com informações da Agência O Globo, o total de colecionadores no Brasil, previsto pela editora do álbum da Copa são de 8,5 milhões. Foram investidos 2,5 milhões para ampliar a capacidade de produção da fábrica de figurinhas; 110 países receberam o álbum oficial da Copa desde abril, quando foi lançado. O preço de cada figurinha está custando 1 real,e do álbum, 5 reais em todo território Nacional.

 

 

figurinhas

 


Mais do SFn