quinta-feira , 18 abril 2019
Foto: Blog Fotos de Bom Jardim

Alerj instala comissão para fiscalizar barragens no Estado Estado Rio de Janeiro tem 29 barragens de acúmulo de água e resíduos industriais e, até o momento, apenas 12 foram vistoriadas

Estado Rio de Janeiro tem 29 barragens de acúmulo de água e resíduos industriais e, até o momento, apenas 12 foram vistoriadas

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro instalou, nesta quarta-feira (10/04), a Comissão Especial para Fiscalizar as Barragens Existentes no estado. Presidida pela deputada Tia Ju (PRB), a reunião aconteceu na Biblioteca do Palácio Tiradentes.

Segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), o Estado Rio de Janeiro tem 29 barragens de acúmulo de água e resíduos industriais e, até o momento, apenas 12 foram vistoriadas. A comissão ouvirá segmentos técnicos para tomar conhecimento e traçar estratégias sobre as reais necessidades de fiscalização, garantindo que a legislação seja cumprida e que não haja nenhum risco à população e nem ao meio ambiente.

A deputada Tia Ju afirmou que a comissão terá bastante trabalho e que sua instalação veio num momento oportuno. “Nós recebemos um volume imenso de águas de chuva e isso vem assolando o estado. Nossa preocupação é evitar o que aconteceu recentemente em Minas Gerais”, declarou.

Expansão das ações até Minas Gerais

Durante a reunião de instalação, foi mencionada uma possível visita à Secretaria de Meio Ambiente de Minas Gerais, considerando que parte das mineradoras daquele estado ameaçam eminentemente os mananciais fluminenses. “Mesmo não sendo em nossa jurisdição, há uma preocupação em proteger, pois quem sofrerá os danos ambientais e humanos será o Rio de Janeiro, caso ocorra qualquer rompimento”, falou a presidente da comissão sobre a ideia da parceria com as autoridades mineiras.

Também estiveram presentes os deputados Carlos Minc (PSB), Bruno Dauaire (PRP) e Renato Cozzolino (PRP) e, em votação, decidiu-se que a vice-presidência e relatoria da comissão ficaria com os deputados Gustavo Tutuca (MDB) e Bruno Dauaire (PRP), respectivamente.


Mais do SFn