segunda-feira , 5 dezembro 2016
maracanã

Alerj libera a comercialização de cerveja nos estádios de futebol

maracana fluminense
Fotos: Vinnicius Cremonez

A venda de cerveja nos estádios de futebol do estado do Rio, proibida desde 2008, passará a ser permitida. É o que determina o projeto de lei 799/15, dos deputados Geraldo Pudim (PR), Luiz Martins (PDT) e Wanderson Nogueira (PSB), aprovado pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quarta-feira (23/09), em discussão única. A venda será autorizada desde a abertura dos portões até o apito final do árbitro, apenas em copos plásticos descartáveis ou de papel.

A medida, no entanto, ainda não vale para a partida entre Vasco e Flamengo que acontece no próximo domingo (27/09), no Maracanã. O projeto ainda precisa ser sancionado pelo governador Luiz Fernando Pezão, que tem um prazo de 15 dias úteis para decidir se veta ou aprova a nova lei.

Um dos autores, o deputado Wanderson Nogueira citou a experiência da Copa de 2014 como um exemplo de que é possível haver a venda de cerveja sem aumento da violência, e que o maior movimento nos bares dos estádios vai ajudar a aumentar as receitas dos clubes. “É preciso colocar o Brasil nos padrões internacionais. Países como Alemanha e Inglaterra permitem e não enfrentam problemas. As pessoas hoje bebem no entorno dos estádios até o último minuto, porque dentro é proibido, e isso gera confusões”, defendeu Nogueira.

O projeto determina ainda que sejam veiculadas mensagens educativas sobre o consumo responsável de bebidas alcoólicas nos telões dos estádios ao menos quatro vezes durante as partidas. Confira aqui o projeto aprovado.

maracana fluminense 2

SFn