terça-feira , 19 setembro 2017

Ambiental flagra atividade poluidora e área desmatada em Italva Atividades prejudicais ao meio ambiente foram registradas na Nova Cidade e no bairro Saldanha da Gama

Atividades prejudicais ao meio ambiente foram registradas na Nova Cidade e no bairro Saldanha da Gama

Fotos: Divulgação 3ª UPam

Agentes da 3ª Unidade de Polícia Ambiental flagraram atividades prejudiciais ao meio ambiente em duas ocorrências registradas nesta sexta (08/09), no bairro Saldanha da Gama e em Nova Cidade, Italva.

Na Nova Cidade, os agentes, em apoio a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que recebeu uma denúncia sobre possível poluição, constataram na Rua João Mérida Padrom, um aterro com resíduos de obra, numa área de aproximadamente 600 metros quadrados, lançados dentro de um açude.

Já no Saldanha da Gama, os agentes foram fiscalizar um possível desmatamento. Na Rua São Sebastião foi constatado uma raspagem feita possivelmente com uso de trator, em uma área de aproximadamente um hectare de vegetação em estágio inicial e médio de regeneração com características nativas. 

Na Nova Cidade um homem disse ser dono da área e afirmou que desconhecia o despejo do material no lago e no Saldanha da Gama uma mulher assumiu a autoria do desmatamento. Os dois foram encaminhados para a 148ª Delegacia onde a mulher foi autuada no artigo 48 da lei 9.605/98 (impedir ou dificultar a regeneração natural de florestas e demais formas de vegetação) e o homem no 60 da lei 9605/98 (Construir, reformar em qualquer parte do território nacional, estabelecimentos, obras ou serviços potencialmente poluidores, sem licença ou autorização dos órgãos). Eles foram liberados posteriormente.


Mais do SFn

SFn