Ambiental resgata animais, apreende armadilhas e mais de 30 munições em Cantagalo Policiais também identificaram a construção de cinco açudes com represamento e desvio do curso de água dentro de área de preservação permanente

Policiais também identificaram a construção de cinco açudes com represamento e desvio do curso de água dentro de área de preservação permanente

Policiais da lotados na Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano resgataram alguns animais e apreenderam armadilhas em um sítio em em Santa Rita de Cássia, em Cantagalo. Os policiais também identificaram a construção de cinco açudes com represamento e desvio do curso de água dentro de área de preservação permanente.

Segundo o Linha Verde, o Disque Denúncia do Meio Ambiente, os policiais foram ao sítio para verificarem uma denúncia de crime ambiental encaminhada. Eles encontraram quatro corrupiões, um bico de veludo, um jacu, um jabuti, um cágado, além de quatro armadilhas para caça de animais silvestres e 37 munições de armas de fogo de diversos calibres.

O caso foi registrado na 153ª Delegacia Legal de Cantagalo. Os animais foram encaminhadas ao chefe do Parque Estadual do Desengano, onde após tratamento serão soltos em seu habitat natural.

O Linha Verde solicita a população que continue denunciando crimes ambientais no estado do Rio através do telefone 0300 253 1177 (custo de ligação local) ou ainda pelo aplicativo disponível para celulares “Disque Denúncia RJ”. Em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.


Mais do SFn