1

Americano elimina o Olaria e garante final campista na Taça Corcovado

2
Foto: Agência FERJ/Destaque: Carlos Grevi.

O título da Taça Corcovado, segundo turno da Série B do Campeonato Carioca, ficará em Campos dos Goytacazes pelo segundo ano consecutivo. Campeão do returno no ano passado, o Americano se classificou para mais uma final após derrotar o Olaria de virada por 3 x 1 nesta quarta-feira (22.06), no estádio Antônio Ferreira de Medeiros, em Cardoso Moreira, pelo segundo confronto da semifinal. Na partida de ida, as equipes haviam empatado em 1 x 1 na Rua Bariri. Emerson, duas vezes, e Pimenta marcaram os gols que valeram a classificação.

Na semifinal, o Americano terá pela frente um velho conhecido: o Campos Atlético Associação, que eliminou o Audax Rio no último fim de semana. O primeiro jogo da decisão da Taça Corcovado acontecerá no sábado (25.06), às 15h, no Estádio Ângelo de Carvalho, casa do Roxinho. Já a volta será na quarta-feira (29.06), no Estádio Antônio Ferreira de Medeiros, no mesmo horário. O campeão do returno garante uma vaga no triangular final, além de um ponto extra. O Cano já está classificado por ter feito a melhor campanha geral dos dois turnos.

O jogo:

Com a necessidade de vencer, já que o Americano tinha o direito de jogar por dois empates, o Olaria foi pra cima desde o início. A primeira chance clara de gol surgiu com Victor Veloso, que surpreendeu a marcação alvinegra, mas parou no goleiro Vander. Contudo, o gol do Azulão sairia aos 11 minutos. Após boa jogada individual de Antônio, Araruna emendou um chute de primeira para abrir o placar. O Americano tentou responder ainda antes do intervalo, mas o domínio nos minutos finais do primeiro tempo não foi transformado em gols.

Já na segunda etapa, brilhou a estrela de Philip, que começou no banco e entrou no lugar de Ramon Costa aos 26 minutos para liderar o Americano rumo à final. Antes da substituição, Emerson chamou a responsabilidade de empatar o jogo, subindo mais alto que a zaga adversária para completar a falta cobrada por Adrianinho. Já com Philip em campo, foram apenas quatro minutos para a virada acontecer. Aos 30, o atacante deu assistência para Pimenta que, livre, só teve o trabalho de marcar o segundo gol alvinegro.  A dobradinha Philip-Pimenta se repetiu logo depois, quando o primeiro passou como quis pelo goleiro Rogger e cruzou na medida para Pimenta definir a semifinal.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *