segunda-feira , 20 novembro 2017

Amimais morrem queimados após incêndio atingir campus do Projeto Piabinha, em Itaocara De acordo com o projeto, o incêndio que atingiu a área de 10 hectares foi criminoso

De acordo com o projeto, o incêndio que atingiu a área de 10 hectares foi criminoso

Fotos: Divulgação

Diversos animais selvagens como gambás, serpentes, ouriços-caixeiros, roedores e aves que residiam na Estação de Pesquisa do Projeto Piabinha, em Itaocara, morreram queimados após um incêndio de grandes proporções atingir o local, uma área de 10 hectares, na última quarta (09).

Segundo informações divulgadas pelo projeto, as chamas quase atingiram duas áreas reflorestadas e um dos setores de reprodutores de espécies de peixes nativas ameaçadas de extinção, formado por uma estufa que abriga um grande plantel de surubins – do – paraíba. A perda segundo o projeto seria irreparável.

O fogo foi apagado por funcionários do projeto e por equipes do Corpo de Bombeiros do município. Ainda de acordo com projeto, o incêndio teria sido criminoso.

O Projeto

Regido pela Associação de Pescadores e Amigos do Rio Paraíba do Sul, o Projeto Piabanha é uma organização da sociedade civil de interesse público municipal, sem fins lucrativos, fundada no ano de 1998, com sede e foro na Comarca de Itaocara. A missão do grupo é promover estratégias de gestão e manejo, pesquisas científicas, programas de conscientização e mobilização da sociedade civil no processo de conservação ambiental da fauna e da flora da Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul.

 


Mais do SFn