Amor ao próximo: PM dedica dia para cortar cabelos dos “vovôs” do Lar dos Idosos de São Fidélis Foi através de uma conversa em uma joalheria da cidade que o sargento recebeu o convite para ir até o Lar dos Idosos. Ele não pensou duas vezes e aceitou o convite

Foi através de uma conversa em uma joalheria da cidade que o sargento recebeu o convite para ir até o Lar dos Idosos. Ele não pensou duas vezes e aceitou o convite

Fotos: Lar do Idosos

Além de servir e proteger a população durante seu horário de trabalho, um Policial Militar de São Fidélis usa parte de seu tempo livre para praticar ainda mais o amor ao próximo. Há dois anos ele tira um dia de cada mês para ir ao Lar dos Idosos da cidade para cortar o cabelo e fazer a barba de pessoas que precisam de atenção e companhia.

Servindo a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro há 20 anos, o fidelense Douglas Menezes encontrou uma nova profissão, algo que lhe faz tirar um pouco a pressão de ser um policial. Nos últimos sete anos, ele divide o tempo entre o 36º Batalhão de Santo Antônio de Pádua, onde está servindo, com o salão de cabeleireiro que possui em São Fidélis.

Foi através de uma conversa em uma joalheria da cidade que Douglas recebeu o convite para deixar os velhinhos da cidade mais embelezados. O sargento não pensou duas vezes e aceitou o convite.

“Sempre quis ajudar e acabei encontrando a diretora da instituição na loja do meu irmão e ele acabou falando que eu cortava cabelo já algum tempo onde ela fez o convite e eu aceitei”, disse o sargento Menezes.

Ao ser perguntado sobre a sensação em poder ajudar, Menezes respondeu sorrindo. “Bom, se você vê o meu sorriso em cada foto você vai saber! É uma sensação muito boa de ver aqueles sorrisos no rosto”.


Mais do SFn