segunda-feira , 18 novembro 2019

Angelim parou para ajudar Sofia no tratamento contra Leucemia

trilhão de sofia 8
Fotos: Vinnicius Cremonez

Uma manhã cheia de solidariedade que se estende até a tarde deste domingo na localidade de Angelim, em São Fidélis. Uma comoção da parte de todos que pararam tudo o que estavam fazendo, para ajudar a pequena Sofia Rangel de Almeida Ribeiro, de apenas cinco anos de idade, que sofre de trilhão de sofia 3leucemia.

Um dia que vai ficar marcado na vida da família da pequena e alegre menina, e também,  da pacata localidade, que se transformou no quintal da casa de Sofia. Um pequeno parque de diversões, barraquinhas e até um palco para apresentação de bandas locais.

Mais de 2oo trilheiros de diversas cidades como, Rio das Ostras, Campos, Cardoso Moreira, Cambuci, Miracema, Itaocara, Cordeiro, Teresópolis, Italva, São Sebastião do Alto, São João do Paraíso e São Fidélis, estão participando do evento, que está arrecadando fundos para ajudar no tratamento de Sofia.

“Está sendo notável o envolvimento do povo de Angelim para abraçar a causa em prol de Sofia. Um espírito de solidariedade, pois todo ambiente é de extrema harmonia e irmandade”, disse Leonardo Sepulveda, que pediu autorização da família da pequena, para realizar o encontro em nome de Sofia.

trilhão de sofia 1A largada para o início da trilha, aconteceu por volta das 10h, na praça de Angelim, mesmo local da chegada, com um percurso de aproximadamente 60 quilômetros. Sofia e família saíram de Barro Branco, zona rural de São Fidélis, e foram para São Gonçalo, na região metropolitana do Rio de Janeiro, para fazer uma revisão, e trilhão de sofia 5permanecem até hoje, morando em um apartamento emprestado por um parente, para que o tratamento não fosse interrompido.

Durante a subida de um dos morros que fazem parte da trilha, alguns motociclistas acabaram sofrendo quedas, e precisaram de atendimento médico, que foi feito através de uma viatura da central de ambulâncias da prefeitura.

Emocionada pelo empenho de todos em ajudar, Alexandra Rangel, mãe de Sofia, disse que ela não pode estar presente devido o tratamento, e o risco de baixar a imunidade. “Ele me adicional no facebook e falou que queria fazer um evento, mas eu não sabia o que ele pretendia fazer. Eu autorizei e falei que iria ajudar na medida do possível, e só em tentar  fazer algo para ajudar, já vale, pois já vai estar ajudando”.

trilhão de sofia 6Não foram só os trilheiros que se mobilizaram para ajudar, mas um grupo de ciclismo feminino de São Fidélis, também se uniu e foi até a localidade levar ajuda e solidariedade para a família de Sofia.

O grupo intitulado Bike Girls, que se encontra todos os finais de semana para pedalar pelo território do município, se mobilizou e foi até Angelim, levar ajuda e dar um abraço na mãe de Sofia.

“Eu não tenho palavras para agradecer a todos. Tem gente que veio de longe para ajudar. Por mais que eu viva, eu nunca vou poder agradecer a altura o que estão fazendo pela gente”, concluiu a mãe de Sofia.

 

trilhão de sofia 2

Mais do SFn