Anvisa proíbe lote de canela em pó por presença de pelo de roedor A fabricante deve recolher o estoque existente no mercado

A fabricante deve recolher o estoque existente no mercado

Fotos: Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e a venda de um lote da canela em pó da marca Santa Bárbara, fabricada em 2 de agosto de 2017, com validade até 2 de agosto de 2020.

De acordo com a determinação, publicada no Diário Oficial da União desta segunda (11), o Laudo de Análise Fiscal Definitivo 3113.1P.1/2017, emitido pelo LACEN-MG (FUNED), acusou presença de fragmentos de pelos de roedor (indicativo de risco) no produto.

A Anvisa determina ainda que a empresa Comercial Santa Bárbara Franca Ltda. promova o recolhimento do estoque existente no mercado, em todo o território nacional.


Mais do SFn