segunda-feira , 25 março 2019

Ao invés de ser usado por crianças, brinquedo é ocupado por sofás, em parquinho de São Fidélis Todos os parquinhos da cidade apresentam problemas. O da Vila dos Corados foi desmontado e deu lugar a uma obra abandonada pela prefeitura. O da frente da CEDAE está abandonado, sem brinquedos

Todos os parquinhos da cidade apresentam problemas. O da Vila dos Corados foi desmontado e deu lugar a uma obra abandonada pela prefeitura. O da frente da CEDAE está abandonado, sem brinquedos

Fotos: leitores

Subir uma escada para chegar até a “casinha” e depois descer pelo escorregador. Muitas crianças já tiveram a oportunidade de aproveitar esta brincadeira em São Fidélis. Mas, agora a realidade é outra, pois um playground de madeira que deveria ser usado pelos pequenos, está sendo ocupado por sofás.

As fotos foram tiradas por uma leitora, no parquinho próximo a linha férrea, na Avenida José Perlingeiro de Abreu. Além do uso indevido do brinquedo, há lixo no local e outro brinquedo foi até arrancado.  

No ano passado, este parquinho foi um dos que a Prefeitura disse que iniciou a reforma. Em seu perfil no Facebook, no dia 24 de maio de 2018 a administração publicou: “Continuam as reformas dos parques infantis. O parque do centro na beira rio, já recebeu o início da pintura, os brinquedos danificados estão sendo reformados na fundição da Prefeitura e hoje foi feita a troca da areia, que trará mais qualidade, segurança e higiene para as crianças. O Parque próximo à antiga padaria Belém também já está em fase adiantada de reforma, inclusive com recuperação do piso em torno do parquinho, incluindo rampa de acessibilidade”.

Na ocasião a Prefeitura também informou que todos os parques existentes no município seriam reformados e que o da Vila dos Coroados, onde o parquinho foi desmontado, seria instalado um com novos brinquedos no espaço ao lado do Tancredão.

Mais cedo o SF Notícias mostrou outro caso de abandono com um parquinho da cidade, este localizado na beira-rio. O descaso, segundo um morador, já dura 18 anos. A escada, que dá acesso ao que deveria ser um parquinho, está deteriorada, com alguns degraus quebrados. No terreno, folhas secas e o que restou da grama dividem espaço com os esqueletos dos antigos brinquedos. A pista de skate, que poderia incentivar a prática esportiva, é outro ponto que precisa ser reformado. Reveja AQUI.


Mais do SFn