2

Após 25 anos, padre Luiz deixará São Fidélis para ser vigário geral da Diocese de Campos

Prestes a completar 32 anos de sacerdócio, o padre Luiz Carlos Reis de Amorim, pároco da Igreja Matriz de São Fidélis e de dezenas de capelas do município há 25 anos, deixará a cidade em novembro para iniciar um novo desafio. Ele foi convocado pelo bispo Dom Roberto Francisco para ser o vigário geral da Diocese de Campos e pároco da Catedral do Santíssimo Salvador, em Campos dos Goytacazes, na dominação de monsenhor.

– Fui sacerdote em Campos, depois vim transferido para São Fidélis. Também já fui padre em Miracema, mas aqui fiquei um tempo maior, desenvolvi um trabalho importante para a igreja. Construímos capelas em todos os bairros e na zona rural. Foram mais de 30 prédios, uma coisa grandiosa – disse o padre, que participou de momentos históricos para a Igreja Matriz de São Fidélis, como a organização das comemorações do aniversário de 200 anos, em 2009, e o acolhimento dos símbolos da Jornada Mundial da Juventude de 2013, além de ter sido o diretor do Colégio Fidelense durante todos estes anos.

– São novos desafios. É uma mudança difícil. Foi um casamento de quase 26 anos (completaria em abril), agora vou recomeçar em uma realidade diferente. Vou ter um serviço mais direcionado à parte de governo da Diocese. Que Deus me ajude a cumprir essa nova missão – ressaltou o padre, que liderou mais de uma geração de católicos fidelenses e viu a renovação da igreja.

– Tenho muita gratidão a Deus por ter feito um trabalho bom. Todo mundo sabe do meu esforço. Nós criamos um trabalho pastoral espetacular, com muitos grupos. Se tornou uma igreja viva. Agradeço a Deus pelo carinho do povo, fui feliz aqui. Se tivesse a opção de escolha, gostaria de ficar até terminar meus anos de sacerdócio, mas a Diocese acha que tenho que ter outro tipo de trabalho – completou.

igreja-coroinhas-3
Foto: SF Notícias.

A Diocese de Campos ainda não divulgou o quem será sucessor do padre Luiz em São Fidélis, mas alguns nomes estão sendo estudados. Também está sendo decidido se o novo padre dirigirá o Colégio Fidelense.

– Agradeço ao povo, fui muito feliz em São Fidélis, levo todos no coração. Espero que tenham com o novo sacerdote a mesma fidelidade que sempre tiveram comigo. Sai Cristo e entra Cristo. Que o novo sacerdote seja bem acolhido para continuar esse trabalho vigoroso – finalizou o padre Luiz.

 

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *