quarta-feira , 22 novembro 2017

Após criarem perfil falso para receber doações, mulheres são presas por estelionato em São Fidélis Elas usaram supostas crianças para comover as pessoas e receberem doações

Elas usaram supostas crianças para comover as pessoas e receberem doações

Fotos: Reprodução

Duas mulheres foram presas após criarem um perfil falso no facebook e pedirem doações à população fidelense. Cassia de Souza Machado Pinto e Alcênia de Souza Machado inventaram uma história usando supostas crianças para comover as pessoas e receber doações. A cidade se mobilizou, foram arrecadados alimentos e até doações em dinheiro de moradores de São Fidélis e outros municípios, mas nesta quarta-feira, duas moradoras que estavam organizando as doações descobriram que tudo era falso.

No perfil, “Ângela Santos” dizia que estava desempregada, com aluguel atrasado, com netos para criar e que era viúva. Em uma das postagens ela pediu até farelo de bolo para dar as crianças que não tinham o que comer, mas os netos, não existem. A Ângela santos, também não existe.

A história começou a ser descoberta quando a Cassia de Souza Machado Pinto foi até a casa de uma das moradoras que estava organizando as doações para pegar uma televisão. O aparelho foi apreendido pela Polícia Civil.

As duas mulheres foram presas pela prática de estelionato consumado, insculpido no Artigo 171 do Código Penal. Elas serão levadas para o presídio feminino de Campos.

(Continua após a foto)

Nota de retratação do SF Notícias:

Assim como diversas pessoas, o SF Notícias também foi enganado pela história de uma senhora que necessitava de ajuda para sobreviver e ajudar os netos que não tinham roupas e alimentos. Vários grupos se mobilizaram na cidade e em outros municípios, mas a história é falsa.

Nós, como principal veículo de comunicação atuante em São Fidélis nos vimos na obrigação de dar espaço em nosso jornal para que o pedido de ajuda e mobilização da sociedade ganhasse cada vez mais adeptos, e por isso, fizemos uma matéria ontem divulgando o caso, mas hoje, ficamos decepcionados ao saber que a história é falsa.

Contudo, ainda ficamos felizes em saber que outras pessoas serão ajudadas. Os alimentos que foram arrecadados até o momento, serão doados para uma entidade do município. O caso segue sendo investigado pela 141ª Delegacia Legal do município. Assim que a ocorrência for encerrada, iremos passar as informações para os nossos leitores.

Agradecemos a confiança de todos que se mobilizaram. É bom saber que a população fidelense quando está unida, é mais forte que tudo. Pedimos desculpas aos leitores, mas infelizmente, fomos enganados.


Mais do SFn