sexta-feira , 13 dezembro 2019

Após dois anos sofrendo abusos, adolescente mata o pai com tiro de espingarda Menina contou a Polícia que sofria abusos desde os 12 anos

Menina contou a Polícia que sofria abusos desde os 12 anos

Menina contou aPM que era estuprada pelo pai desde os 12 anos. Fotos: Divulgação

Uma adolescente, de 14 anos, matou com um tiro de espingarda o pai, de quem teria sido vítima de abusos sexuais durante dois anos. O homem, de 34 anos, teria sido morto na noite de terça (07), mas a Polícia só pôde atender ao caso nesta quarta (08), devido a distância de 400 km da capital de Rio Branco, no Acre, para a zona rural Tarauacá.

Com a chegada da Polícia, a menor contou que estava cansada de ser ameaçada pelo pai e relatou como matou o mesmo. Os pais dela estariam bebendo e quando a mãe teria ido dormir, o pai pegou uma faca e a obrigou a ter relações, e caso ela recusasse ele teria dito que mataria toda a família. Em certo momento, a mãe da menina teria acordado e flagrado a tentativa de abuso.

Ao ver a mulher, o homem teria afirmado que mataria todos para não haver testemunhas. O casal entrou em luta corporal e a jovem pegou a espingarda e atirou contra o pai. O crime de estupro foi confirmado por exames realizados pela menina. Pra a Polícia Civil, ela agiu em legítima defesa e não ficará apreendida.

Baixe agora o Aplicativo do SFn em seu celular, é grátis! https://goo.gl/w4WvaY

 

Mais do SFn