quinta-feira , 19 outubro 2017

Após mandado de condução coercitiva, Pastor Silas Malafaia se apresenta na PF Segundo as investigações, o Pastor é suspeito de emprestar contas bancárias de sua instituição para ajudar a ocultar dinheiro

Segundo as investigações, o Pastor é suspeito de emprestar contas bancárias de sua instituição para ajudar a ocultar dinheiro

Alvo de um mandado de condução coercitiva na “Operação Timóteo” da Polícia Federal, o Pastor Silas Malafaia se apresentou na sede da Polícia Federal em São Paulo na tarde desta sexta-feira (16/12) para prestar depoimento.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Polícia Federal, a operação foi batizada de “Timóteo” em referência a um dos livros da Bíblia. Segundo a investigação, o líder religioso é suspeito de emprestar contas bancárias de sua instituição para ajudar a ocultar dinheiro.

Em seu canal no Youtube, o Pastou fez uma publicação se defendendo das acusações (veja o vídeo) . A operação aconteceu no Distrito Federal, Goiás, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.


Mais do SFn

SFn