quinta-feira , 23 novembro 2017

Após morte de detento, familiares fecham BR-101 em protesto Os familiares colocaram fogo em pneus e galhos

Os familiares colocaram fogo em pneus e galhos

Fotos: SF Notícias / Luiz Henrique

O trecho entre Campos e o Espírito Santo da BR-101 ficou fechado por mais de uma hora durante um protesto de familiares de um detento que morreu em um presídio no Rio de Janeiro na última sexta-feira. A família alega que só foi informada da morte nesta segunda.

Cleiton Rosa Mendes, de 36 anos, estava no Presídio Carlos Tinoco da Fonseca, mas foi transferido após ter sido espancado. Os familiares colocaram fogo em pneus e galhos.

Em nota, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), informou que a morte foi avisada por telegrama e, que a causa da morte, só será conhecida após o resultado da necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976. Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn