sexta-feira , 2 dezembro 2016
visita de pezao foto vinnicius cremonez 1

Após parcelamento de salário, governo do Rio não garante pagamento de 13º

Após anunciar o parcelamento dos salários dos servidores estaduais referentes ao mês de novembro, O governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão disse nesta terça-feira (1º) que está “lutando para pagar” o 13º  e que a data prevista para o pagamento da segunda parcela seria no próximo dia 17 de dezembro, mas que ainda “não está garantido”. A primeira parcela foi paga no meio deste ano.

“Eu estou lutando muito para honrar o pagamento de novembro. Parcelamos e todo mundo vai receber até R$ 2 mil amanhã (2) e estou tentando antecipar ainda o do dia 9 para ver se a gente consegue pagar mais adiantado. Depois, é uma luta para o 13º salário e depois é uma luta para dezembro. Vai ser uma luta novamente”, disse o governador.

Pezão disse ainda que, assim como a crise no país, a falta de repasses das empresas também tem atrapalhado a situação financeira do Rio de Janeiro. “A gente ontem (30) fez uma bateria de pagamentos, estamos montando uma outra forma hoje que possa agilizar o pagamento de outros setores e vai ser uma luta diária daqui para frente para nós honrarmos os nossos compromissos. O estado passa por um momento muito difícil, assim como o país. A gente vive dos repasses, do recolhimento de impostos das empresas”, explicou.

O governador também afirmou que o estado começou com uma nova lei nesta segunda-feira (30) para facilitar os pagamentos e reafirmou a necessidade de que, se as empresas não recolherem seus impostos, o estado continuará passando por situações como essa.

“O governo federal também está suspendendo os seus repasses. Eu não recebi ainda uma parcela do Arco Metropolitano que nós entregamos em julho de 2014”, disse Pezão.

Ainda de acordo com o governador, o estado perdeu mais de R$ 12 bilhões só este ano. “Esse ano o estado perdeu mais de R$12 bilhões da sua receita. Nenhum estado do país aguenta uma perda dessas. Nós perdemos nos royalties de petróleo e na atividade econômica”.

 

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *