sexta-feira , 9 dezembro 2016
criança 2

Após parto, mãe e filha são resgatadas no Parque do Desengano em S.Fidélis

criança 1
Fotos: Cedidas pelo Petrilheiros

Uma história surpreendente aconteceu neste sábado, e vai ficar marcada na vida de dois trilheiros e de uma família do Parque Estadual do Desengano.

Uma equipe do Petrilheiros, composta pelos apaixonados por trilhas, o engenheiro Jouber Freixo, morador de Macaé, o empresário Alexandre Campos e o Tiago Muniz, esteviram no Desengano, mais precisamente, na região entre os municípios de Santa Maria Madalena e São Fidélis, na localidade conhecida como Morumbeca, com o intuito de conhecer o parque para fazer uma trilha nos próximos dias.

Durante um trecho do parque, por volta do meio dia, quando os trilheiros já estavam retornando para onde estava o veículo, eles foram surpreendidos com a notícia de que a esposa de um senhor, identificado como Nelson, que é o único morador daquela localidade tão distante e isolada, havia entrado em trabalho de parto naquele exato momento.

Os três, juntamente com um outro homem, identificado com Alberto, foram até a casa, onde não tinha infraestrutura necessária, sem energia elétrica, sem remédio algum para ser usado, sem nenhum recurso médico possível e sem equipamentos, como luva, e mesmo assim, a criança nasceu sem nenhuma complicação. O Alberto realizou os primeiros procedimentos e, inclusive cortou o cordão umbilical.

criança 3Um fato curioso chamou a atenção nessa história. Devido a distância, o isolamento do mundo e a falta de conhecimento, a mãe não sabia que estava grávida, e nem desconfiou durante os nove meses de gestação. A criança, uma menina linda, que ainda não tem nome, nasceu saudável e chorando forte, e sem nenhum acompanhamento médico.

“E assim, contra todas as probabilidades tudo deu certo, a criança nasceu. Enrolamos ela em um único pano que tínhamos. Depois fizemos contato com o Corpo de Bombeiros de São Fidelis que fez o resgate da mãe e da filha, que foram resgatadas daquela floresta e levadas para cuidados no hospital de São Fidélis”, disse Jouber Freixo.

Tanto a mãe, Helem, de 31 anos, e sua filha, estão no Hospital Armando Vidal, no centro de São Fidélis. A Família não tem nenhum recurso neste momento para criar essa criança e, é necessário a ajuda de todos, com doações de roupas de recém nascido, fraldas e cesta básica. 

hospital 4As doações podem ser feitas até o próximo dia 03, quando os trilheiros irão voltar ao Parque Estadual do Desengano. Quem puder ajudar, deve entrar em contato com Alexandre ou Jouber, pelos telefones 9.8115-8783. ou, 9.9827-8902.

As doações também podem ser feitas através do SF Notícias, pelo telefone 9.9793-8976. Aqueles que tiverem roupas de recém nascido, podem levar no hospital, e informar que é doação para a família. As roupas e fraldas podem ser deixadas na portaria da unidade, ou ser entregue pessoalmente no horário da visita, que acontece às 13h.

criança 56

SFn