Após reclamações de moradores, Procon de São Fidélis abre investigação contra a Enel Segundo moradores, algumas contas de luz tiveram aumento de até 100%, de dezembro para janeiro

Segundo moradores, algumas contas de luz tiveram aumento de até 100%, de dezembro para janeiro

Fotos: Reprodução

Após os problemas com a falta d’água que atingiram alguns moradores de São Fidélis no início deste ano, a população volta a sofrer com a prestação de outro serviço essencial, a energia elétrica. Mas, não é a falta de luz que preocupa os moradores e sim as cobranças absurdas nas contas.

Muitos fidelenses relataram o aumento de até 100% nas contas de luz de janeiro, quando comparadas as de dezembro. “Enel cobrando um absurdo numa conta de casa. Atenção as autoridades responsáveis da cidade de São Fidélis, vamos lá dar uma vistoria nesse novo caso. Apesar de as pessoas terem ou não ar condicionado, onde já se viu uma conta de luz em menos de um mês vir tão cara” – postou um morador cuja conta veio no valor de R$ 862,42.

Na publicação, outros moradores se manifestaram. “A minha conta veio quase R$ 800. Também estou apavorada e moro no interior aqui no Angelim” – escreveu uma moradora. “A minha sempre veio no máximo R$ 250.00, agora está vindo quase R$ 500.00. Isso já está virando safadeza… Eu fico imaginando as pessoas que ganham um salário mínimo…. Que tem luz… Água… Alimentos… Remédios e muito mais para pagar…. Só o valor da conta de luz come tudo” – disse outra.

O problema, entretanto, poderá ter alguma solução ou justificativa em breve, já que após receber diversas reclamações, o superintendente do Procon de São Fidélis, Adriano de Oliveira Azevedo, está abrindo uma investigação contra a Enel.

“Realmente há algo muito estranho e obscuro nestas cobranças. Informo que não vou medir esforços para defender os direitos dos consumidores de nossa cidade” – disse o superintendente. Adriano informou ainda que nesta segunda (21) será o primeiro a chegar na porta da empresa com a notificação em mãos e convocou a todos para acompanhá-lo “em mais esta batalha”, levando as contas na data informada às 9h.


Mais do SFn