segunda-feira , 20 novembro 2017

Após recomendação do MP, prefeito de Bom Jardim exonerou a própria filha O MP recebeu mais de dez representações noticiando a ocorrência de nepotismo em Bom Jardim

O MP recebeu mais de dez representações noticiando a ocorrência de nepotismo em Bom Jardim

Fotos: SF Notícias

O prefeito de Bom Jardim, Antônio Claret Gonçalves, exonerou a própria filha, Carina Marins Figueira, do cargo de secretária municipal de Gabinete, após recomendação feita pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cordeiro.

A recomendação foi expedida pelo MPRJ no dia 5 de julho e Carina foi exonerada sete dias depois. No dia 13 de julho, o MPRJ, o prefeito e a procuradora-geral do Município se reuniram para tratar da possível ocorrência de nepotismo no Executivo Municipal. No encontro, ficou acordado que o prefeito fará um levantamento de todos os possíveis casos de nepotismo na prefeitura.

A Promotoria de Justiça também instaurou inquérito civil para apurar diversas outras supostas violações ao princípio da moralidade administrativa (artigo 37 da Constituição) e da regra inscrita na Súmula Vinculante número 13 do Supremo Tribunal Federal (STF), que veda qualquer prática de nepotismo pelos agentes públicos. Até o momento, o MPRJ recebeu mais de dez representações noticiando a ocorrência de nepotismo em Bom Jardim.

Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976. Baixe agora o aplicativo do SFn no seu celular! https://goo.gl/w4WvaY.


Mais do SFn