sexta-feira , 9 dezembro 2016
bradesco

Após repercussão negativa, governo do estado tenta empréstimo para quitar 13º de servidores

Fotos: Reprodução / Arquivo
Fotos: Reprodução / Arquivo

Após a negativa repercussão da notícia que o governo do Estado iria dividir em 5 vezes a segunda parcela do 13º salário dos servidores do Estado do Rio, O governador voltou atrás e tenta solucionar o caso. Por determinação de Pezão, a Secretaria de Fazenda Negocia com o banco Bradesco um empréstimo que quitaria a dívida com os servidores.

Segundo o secretário de Fazenda, Julio Bueno, a negociação com o Bradesco, responsável pela folha de pagamento do estado, é inspirada na que foi feita pelo governo gaúcho com o Banrisul. O banco creditaria, de uma vez, o valor das quatro parcelas restantes.

Em troca do adiantamento, o governo se responsabilizaria pelo pagamento dos juros, que seriam os cobrados no crédito consignado, menor que as taxas de mercado. O resultado da negociação será definido até a próxima semana.

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *