segunda-feira , 21 agosto 2017

Após seis meses, distritos de São Sebastião do Alto voltam a ter policiamento

Fotos: SF Notícias

A crise financeira do Estado do Rio de Janeiro atinge todos os setores, principalmente a segurança pública. O retrato disso é vivido por moradores de várias localidades rurais de responsabilidade do 36º Batalhão de Polícia Militar, que responde por Aperibé, Cambuci, Itaocara, Miracema, Pádua e São Sebastião do Alto. 

Desde fevereiro o SF Notícias vem mostrando o drama de moradores de São João do Paraíso, um dos distritos que ficou sem policiamento. O Destacamento de Policiamento Ostensivo do distrito de Cambuci ficou sete meses sem uma viatura. O veículo estava quebrado, mas foi reformado pelos moradores e comerciantes, que arrecadaram cerca de R$ 4 mil e receberam a ajuda de R$ 2 mil da prefeitura.

Mesmo após gastar R$ 6 mil na reforma da viatura, os moradores permaneceram sem policiamento. O batalhão alegava a necessidade de instalação de air bags, que foi acionado em um acidente em 2016. O equipamento custa R$ 1.300,00. Ontem, os moradores de São João do Paraíso finalmente receberam a viatura novamente. 

O mesmo problema acontecia em Ipituna, Ibipeba e Valão do Barro, que são distritos de São Sebastião do Alto. Só em Valão do Barro, que é onde fica a 5º Companhia do 36º BPM, moram aproximadamente duas mil pessoas. Lá, os moradores e comerciantes – com intermédio do vereador Alédio Rezende, que procurou o 36º BPM – juntaram R$ 2 mil para pagar a instalação do air bags e resolver os problemas no motor da viatura, que estava parada há seis meses. 

distrito ficou seis meses sem viatura

Os moradores desses três distritos conviveram com o aumento significativo de assaltos, roubos, furtos e até casos de homicídios. O último foi registrado no último dia 20, quando dois homens encapuzados e armados invadiram uma residência no Loteamento Rodrigues II e efetuaram disparos contra Gelsiel Mendes Calixto. A vítima, que estava dormindo, morreu na hora. No imóvel os peritos encontraram dois fragmentos de chumbo.

Com a união dos moradores e comerciantes, a 5º companhia, que é responsável pelo policiamento nesses três distritos citados, finalmente recebeu a viatura de volta. Ela foi entregue na manhã desta sexta-feira (24/03). 


Mais do SFn

SFn