terça-feira , 18 dezembro 2018

Áreas de preservação são desmatadas em Trajano de Moraes Os locais serão periciados pela Polícia Civil

Os locais serão periciados pela Polícia Civil

Fotos: Polícia Ambiental

Policiais ambientais encontraram dois locais de desmatamento em Áreas de Preservação Permanente no município de Trajano de Moraes. Os dois ficam na Estrada da Barragem, em Tapera.

Um deles tem aproximadamente 10.000 m², onde foi feito corte de eucaliptos em uma Área de Preservação Permanente, por estar ao entorno de nascente e por apresentar pontos com inclinação superior a 45 graus. De acordo com a Polícia Ambiental, parte da madeira cortada estava beneficiada em barrotes e pranchões. O local seria da empresa Enel, e segundo a Polícia, o corte das árvores é realizado de forma clandestina, por pessoas diversas.

A segunda área, na mesma localidade, tem aproximadamente 9.000 m². Nesse local também foi feito o corte de pés de eucaliptos, em uma Área é de Preservação Permanente, por estar a menos de 30 metros de um curso d’água. Durante a ocorrência, o filho da proprietária da área apresentou um documento de Comunicação de Implantação para Atividade de Silvicultura, fora de Área de Preservação Permanente.

Os dois casos foram registrados na 157ª Delegacia Legal de Trajano. Os locais serão periciados pela Polícia Civil.


Mais do SFn