terça-feira , 21 novembro 2017

Árvores são cortadas e área de proteção permanente é queimada em Pádua Policiais ambientais foram ao local para verificarem uma denúncia

Policiais ambientais foram ao local para verificarem uma denúncia

Foto: Polícia Ambiental

Policiais ambientais encontraram uma área de proteção sendo desmatada em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense. O caso aconteceu no sítio Meia Laranja, na zona rural do município.

Uma guarnição da 3ª Unidade de Polícia Ambiental do Parque Estadual do Desengano (3ª UPAm) foi ao local na tarde desta segunda-feira (23/01) para averiguar uma denúncia. A área de aproximadamente um hectare foi desmatada e queimada. Algumas árvores de grande porte e com características de nativas, foram cortadas.

O local fica dentro de uma Área de Proteção Permanente por estar próximo de um córrego. O proprietário do sítio não foi encontrado. O caso foi registrado na 136ª Delegacia Legal de Pádua.

 


Mais do SFn