sexta-feira , 19 outubro 2018

Associação Zona Cultural Fidelense lança seu primeiro projeto

A Associação Zona Cultural foi fundada por um grupo na qual tem a Relações Públicas, Jornalista e professora universitária Nelzimar de Souza Lacerda como primeira presidente e idealizadora da marca Zona Cultural. A entidade tem amplitude regional na prática de trabalhos e ações socioculturais voltadas para comunidades. Na verdade, o projeto nasceu dentro da Uniflu – Campos II Filosofia de Campos, onde a professora… atua e por três edições consecutivas, foram realizadas várias atividades de extensão. Entretanto, Nelzimar fez questão de legalizar a entidade para que ações e projetos culturais possam ser desenvolvidos através de parcerias e demais convênios com organizações governamentais, bem como com a iniciativa privada.

Nelzimar tem um histórico de envolvimento bastante sólido com comunidade, visto já ter sido presidente da associação de moradores do Bairro Vila dos Coroados, por quatro anos, cuja atuação de 2001 à 2004, fez com que a entidade fosse considerada uma das mais ativas entidades civis organizadas no município, tendo registrado várias ações e projetos importantes desenvolvidos. Atualmente, mesmo com uma agenda profissional bastante comprometida, mesmo assim, não mede esforços para que, com o apoio de uma equipe que comunga pelo mesmo ideal, de levantar essa mais nova bandeira comunitária em prol de projetos voltados para o campo cultural.

Em Julho de 2012, Nelzimar trouxe o projeto para São Fidélis e foi fundada a Associação Zona Cultural Fidelense, tendo como presidente a própria Nelzimar e vice Paulo Assis, com a finalidade a elevação sociocultural da população através da mais ampla participação dos seus membros, congregando atores, teatrólogos, escritores, músicos, carnavalescos e outros membros de expressões artísticas e culturais do município e da região norte-fluminense para discutir, cobrar, apoiar e programar ações e projetos culturais junto ao conselho municipal de cultura; promover conferências, filmes, peças, palestras, debates públicos, enfim, todo tipo de atividade sociocultural e artístico.

A primeira reunião após a criação foi realizada na noite de ontem (02) no auditório da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de São Fidélis, onde a associação lançou projeto cultural a ser implantado no Bairro Vila dos Coroados, e posteriormente, em outros Bairros. O projeto Musicalizando a Vida, será voltado para oficina de aulas de violão para crianças, adolescentes e jovens carentes que residem no Bairro Coroados. Inicialmente, deverá atender a um grupo de 30 interessados e contará com um professor voluntário para ministrar as aulas.

“Eu penso numa cultura ativa e de modo que ela seja transformadora no dia a dia na vida das pessoas. É preciso desenvolver um trabalho efetivo e permanente nas periferias, onde a maioria das crianças, jovens e adolescentes ficam na ociosidade após saírem das escolas. Queremos e precisamos fazer um um trabalho integrado com as Associações de Moradores para que possamos, de fato, traçarmos projetos alternativos de Mais Cultura nos Bairros. O Musicalizando a vida será o primeiro de uma série de outros que estaremos desenvolvendo a partir das demais vertentes, se Deus quiser”, afirmou.

O Bairro Vila dos Coroados, é o que mais cresce em São Fidélis, e atualmente não existe nenhum projeto sociocultural sendo desenvolvido para ocupar o espaço vagos das crianças, fazendo com que elas não fiquem nas ruas praticando coisas ilícitas, como o uso de drogas. Uma reunião deve acontecer no final desse mês, onde será apresentado todo o projeto a comunidade.


Mais do SFn