sábado , 10 dezembro 2016
aSDFGHJHKLJKLÇO

Atleta fidelense não conseguiu evitar o rebaixamento do Madureira

SDFRTYHUJI
Fotos: arquivo pessoal

Um dos destaques da campanha irregular do Madureira na série C do Campeonato Brasileiro, o fidelense Ramon Santos lutou, brigou, correu e até fez gols em momentos decisivos, mas nada disso foi suficiente para manter o Madureira na série C. O clube carioca foi um dos destaques do Campeonato Brasileiro no ano de 2014, com ótimos aproveitamentos que quase decretou o acesso a série B.

Neste ano, o elenco passou por uma reformulação, porém não afetou o rendimento do time no carioca que por pouco não disputou as semi-finais do campeonato. Por estes motivos o Madureira vinha como franco favorito para a disputa da série C, mas na prática não funcionou, e o madureira foi rebaixado antecipadamente para a sério D.

Em entrevista para o SF Noticias, o atleta Ramon Santos se mostrou bastante abatido com este rebaixamento.

“O momento é complicado. Vinhamos de um inicio de ano bom, onde fomos campeões da Taça Rio, mas no Brasileirão os resultados não vieram. Infelizmente o futebol é assim, agora é levantar a cabeça pois temos a Copa Rio ainda para disputar. Sou atleta deste clube há quase dez anos, e tenho uma identificação muito grande com o Madureira. Fiz grandes amigos aqui; respeito a todos e sinto que sou respeitado também. É triste, mas temos que levantar a cabeça”, disse o jogador, que foi o autor do gol de falta que deu a vitória ao Madureira no segundo jogo da Copa Rio em cima do América.

 

SFn