sexta-feira , 24 novembro 2017

Baleado em Macuco morre no hospital de Cantagalo Dioney era o proprietário da "Casa das Primas"

Dioney era o proprietário da "Casa das Primas"

Morreu no hospital de Cantagalo o homem que foi baleado na madrugada deste domingo (03/09) em Macuco. O crime aconteceu na altura do KM 07, na RJ-166.

Segundo informações da Polícia Militar, Dioney Lopes Bitarães Netto, de 34 anos, deixava o seu estabelecimento conhecido como “Casa das Primas” quando foi seguido por um veículo, um celta preto.

Ainda de acordo com a polícia, os ocupantes do celta efetuaram dois disparos contra Dioney, que ainda conseguiu retornar ao estabelecimento e acionar o resgate.

Ele foi Socorrido pela ambulância do município para o pronto atendimento de Macuco, mas transferido para o hospital de Cantagalo, onde não resistiu aos ferimentos.

A polícia fez buscas, mas nenhum suspeito foi encontrado até momento. O caso foi registrado na delegacia de Cantagalo.


Mais do SFn