quinta-feira , 14 novembro 2019

Banda 22 de Outubro vai celebrar 103 anos com desfile pelas ruas de São Fidélis Sem nenhuma ajuda financeira, a 'Furiosa' luta diariamente para manter a cultura de pé e evitar a extinção da banda

Sem nenhuma ajuda financeira, a 'Furiosa' luta diariamente para manter a cultura de pé e evitar a extinção da banda

Fotos: Caio Fotografias/ Secom

O dia amanheceu diferente nesta terça-feira em São Fidélis. A cidade não acordou ao som da tradicional alvorada da Banda 22 de Outubro, que celebra hoje 103 anos de fundação. Mas, a data não vai passar em branco. Os fidelenses poderão prestigiar a banda mais antiga da cidade a partir das 19h, quando a mesma desfilará pelas ruas encantando a população, para comemorar o aniversário. Apesar de, infelizmente, não estar mais em ‘anos dourados’, a banda vem lutando para se manter viva, mesmo com várias dificuldades, e continuar tirando crianças e adolescentes das ruas e apresentando ao meio musical, exercendo um importante papel social. A banda, que já chegou a ter 100 músicos, atualmente tem se apresentado com cerca de 20.

Em uma publicação feita em setembro, em sua página oficial no Facebook, a banda ressaltou que não recebe nenhuma ajuda financeira e pediu a colaboração da população. “Mais uma vez estamos aqui para lembrar que a nossa Banda 22 de Outubro é cultura, e estamos em extinção, infelizmente. Carecemos de ajuda, precisamos de uniforme” – dizia a publicação. A associação pedia ajuda no projeto “Amigos da 22”, para que interessados colaborassem com no mínimo R$ 15,00 por mês. A banda também disponibilizou uma conta poupança  para quem desejasse ajudar. (Veja no final)

Origem da banda: No início do século XX, existiam no município as bandas Filofênica Fidelense e a Iauterpe Fidelense. Por motivo de brigas entre elas, ambas foram fechadas, deixando os músicos dispersos. No dia 22 de Outubro de 1916, um médico chamado Dr. Chimendes, precisava que alguém tocasse no aniversário de 15 anos do seu filho. Como as bandas anteriormente existentes haviam acabado, ele resolveu contratar os músicos para formarem uma nova, com o nome 22 de outubro. Ao longo do centenário, a banda foi uma das grandes marcas da cidade, suas apresentações frequentes, dentro e fora do município, encantaram, emocionaram e divertiram muitas pessoas. Vários músicos, atuantes em vários estados do país, como Minas Gerais, Espírito Santo, Amazonas, e cidades vizinhas como Campos dos Goytacazes, tocaram as primeiras notas na 22 de Outubro. Contatos para interessados em ajudar: 998361268 Priscilla ou 998347912 Wellington (Tom). Conta Poupança: 359.658-0/ Agência 0192/ Operação 013/ Caixa Econômica Federal.

Mais do SFn