sexta-feira , 23 agosto 2019

Bebê de Itaocara que sobreviveu após pais se recusarem a fazer aborto completa um ano No início da gestação, eles descobriram que a criança teria uma má-formação. Os médicos sugeriram o aborto, mas o casal manteve a fé e não desistiu

No início da gestação, eles descobriram que a criança teria uma má-formação. Os médicos sugeriram o aborto, mas o casal manteve a fé e não desistiu

Fotos: Arquivo pessoal

Quando a pequena Maria Eduarda ainda estava no útero da mãe, seus pais receberam a notícia de que ela nasceria com uma má-formação. Os médicos chegaram a dizer que o casal, morador de Itaocara, poderia optar pelo aborto, mas movidos pela fé, eles não desistiram. O SF Notícias relembra essa linda história, porque nesta semana, o milagre da Betânia e do João Fábio completou um ano de vida.

Maria Eduarda nasceu com onfalocele, uma má-formação na parede abdominal em que os órgãos ficam para fora do abdômen em uma espécie de bolsa transparente. Em entrevista ao site no ano passado, o pai, João Fábio, relatou que ela foi desenganada pelos médicos, que disseram que ela seria um feto deformado. “Eu não podia tirar uma vida, fazer um aborto, porque nós servimos a Deus. E essa criança ela foi sendo gerada dentro da esperança que é Jesus” – contou. 

Durante a gestação, Betânia, a mãe, também apresentou complicações. “Foi descoberta uma má-formação que se chama placenta prévia, a placenta colada no útero e ela teve que tirar o útero junto com a criança. Ela fez duas cirurgias e a nossa filha nasceu” – relata Fábio, que é portador de uma deficiência física e precisa de muletas para andar.

Mesmo com tantas dificuldades, a pequena Duda veio ao mundo, ficando em coma por uma semana. Aos poucos ela foi se recuperando e hoje é uma criança feliz e saudável. Para celebrar seu primeiro aniversário, seu pai fez um vídeo com várias fotos, que retratam sua história.

“Quando a gente olha pra você, a gente entende que Deus nos amou primeiro, a gente sabe que você é um presente de Deus e no seu sorriso a gente vê o amor puro e genuíno de Deus na nossa vida. Nos falaram que não ia dar certo, que você era um feto deformado. Mas, você é um presente de Deus, uma raridade, um milagre de Deus na nossa vida. E olhar pra você é saber que Deus está do nosso lado e valeu muito a pena passar por tudo que passamos pra ver o seu sorriso” – diz João Fábio para a filha no vídeo.

 


Mais do SFn