Boletins de Ocorrência poderão ser preenchidos online no Rio Projeto-piloto 'PMERJ Mobile' será implementado no 2º BPM em março

Projeto-piloto 'PMERJ Mobile' será implementado no 2º BPM em março

Fotos: Carlos Magno/ Divulgação

O projeto-piloto PMERJ Mobile, que permitirá que boletins de ocorrência sejam preenchidos em tempo real por meio de equipamentos como tablets e celulares, será implementado na segunda quinzena de março pela Polícia Militar.

O sistema – um programa de computador concebido para processar dados eletronicamente – será utilizado inicialmente pelos policiais do 2º BPM, de Botafogo, que atende ao bairro e às localidades do Flamengo, Catete, Humaitá e Urca.

A partir do mês de julho outras áreas serão contempladas. De acordo com o coordenador de Assuntos Estratégicos da PM, coronel Roberto Vianna, a utilização do papel será evitada e o programa garantirá mais agilidade ao preenchimento dos boletins, facilitando o mapeamento dos crimes e a atuação imediata do policiamento.

Até 2021, O PMERJ Mobile deverá estar disponível para todos os batalhões. O boletim deverá ser preenchido em no máximo 25 minutos e acesso ao banco de dados do Detran-RJ vai acelerar ainda mais a complementação dos dados. Ainda segundo o Coronel, as informações entrarão automaticamente quando o policial colocar a placa do carro e/ou a identidade civil do cidadão.


Mais do SFn