terça-feira , 22 outubro 2019

Bombeiros evitam que fogo se alastre em Área de Proteção Ambiental no Noroeste Fluminense Os militares se deslocaram por quase 11 quilômetros até chegaram ao ponto da reserva onde estavam os focos de incêndio

Os militares se deslocaram por quase 11 quilômetros até chegaram ao ponto da reserva onde estavam os focos de incêndio

Fotos: CBA IV

Um incêndio florestal atingiu, na última sexta-feira (20/09), uma Área de Proteção Ambiental (APA) denominada “Preguiça de Coleira”, próximo à RJ-214, zona rural de Natividade, no Noroeste do Estado do Rio de Janeiro. Equipes do Destacamento de Bombeiro Militar DBM 4/21, estiveram no local e combateram as chamas evitando que o fogo se propagasse. De acordo com o comandante da unidade, major Guilherme Lourenço, as equipes iniciaram os trabalhos de contenção das chamas por volta das 10h30. Os militares se deslocaram por quase 11 quilômetros até chegaram ao ponto da reserva onde estavam os focos de incêndio. Os trabalhos duraram todo o dia, e, por volta das 17h30, as chamas foram controladas e todos os focos extintos.

Os bombeiros utilizaram equipamentos como bombas costais e abafadores para reduzir as chamas com resfriamento e abafamento, e utilizaram também técnicas de aceiros para impedir que o fogo se alastrasse para outros pontos da mata. A atuação das equipes do DBM evitou que o incêndio se alastrasse e impediram que os danos ao meio ambiente fossem ainda maiores. “Nos últimos meses, o número de solicitações de fogo em vegetação vem crescendo cada vez mais, devido ao clima seco e a temperatura alta. Isso vem trazendo grandes prejuízos a flora e fauna da região”, ressaltou o comandante da unidade do Corpo de Bombeiros de Natividade.

Mais do SFn