terça-feira , 21 novembro 2017

Bombeiros simulam explosão com vítimas em posto de GNV, em São Fidélis Na simulação, três pessoas ficaram feridas, sendo uma, em estado mais grave

Na simulação, três pessoas ficaram feridas, sendo uma, em estado mais grave

Fotos: SF Notícias

Militares do Destacamento 2/15 do Corpo de Bombeiros de São Fidélis realizaram na manhã desta terça-feira (31/10) mais um simulado operacional para ampliar o nível de conhecimento e capacidade de atuação. Dessa vez, o treinamento foi em um posto de combustíveis, na RJ-158.

Os militares simularam uma explosão com princípio de incêndio na área de GNV do posto, além de atendimento, retirada e transporte de vítimas. Na simulação, três pessoas ficaram feridas, sendo uma, em estado mais grave.

continua após a foto

Três bombeiros que se passaram por funcionários do posto simularam ferimentos. Uma viatura da Central de Ambulância também participou da simulação, já que havia três vítimas. Em entrevista ao SF Notícias, o tenente Gomes, comandante do Destacamento de São Fidélis, fez uma avaliação positiva, e disse e que tudo transcorreu da melhor forma.

“Fizemos um plano de operação para o posto, um posto novo, para que em caso de algum evento adverso, a gente já tenha alguma avaliação do tempo resposta e como os bombeiros irão se comportar”, disse o tenente.

Com o simulado realizado nesta terça-feira, o destacamento de São Fidélis concluiu a instrução deste ano. Os militares realizaram duas provas teóricas e dois simulados ao longo do ano.

“Estou muito satisfeito com o tempo resposta. As viaturas levaram apenas cinco minutos desde o acionamento do quartel até chegar aqui. Toda operação de resgate durou cerca de 14 minutos, um tempo muito satisfatório. Os militares agiram como tinha que ser e dentro do protocolo nosso. O meu grau de satisfação é muito grande”, afirmou o tenente.

O comandante também parabenizou a atuação da Central de ambulância durante o simulado. “Em casos de múltiplas vítimas iremos precisar de mais uma ambulância, como aconteceu aqui, e o SUS chegou muito rápido ao posto”, concluiu o tenente Gomes.

 


Mais do SFn