segunda-feira , 11 novembro 2019

Caixa econômica atenderá funcionários da PMSF mesmo com a greve dos vigilantes

greve[

Após 9 dias do início da greve dos vigilantes bancários em São Fidélis e outras cidades do Norte e Noroeste Fluminense, os funcionários da categoria ainda não têm previsão para encerrar o movimento. Além de São Fidélis profissionais de São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Natividade, Miracema e Porciúncula aderiram à greve.

A categoria reivindica 10% de ganho real acima da inflação, ticket refeição de R$ 20,00 por dia trabalhado e plano de saúde. Através da lei de greve, um vigilante deve estar em cada agência para garantir a segurança apenas dos funcionários e jornada trabalho de 44 horas semanais.

Já houve acordo com cerca de mais de 20 mil vigilantes que irão receber 8% de reajuste salarial, retroativo a  1º de março e que será pago em maio. O sindicato conseguiu uma liminar que mantém 40% do efetivo trabalhando, sob pena de multa diária de R$ 1 mil para quem não cumprir.

As agência bancárias da cidade continuam com atendimento apenas nos caixas eletrônicos por determinação da Policia Federal, no entanto segundo uma funcionária da Caixa Econômica Federal que preferiu não se identificar, o banco entrou em acordo com o Sindicato dos vigilantes e a partir de hoje(7) atenderá exclusivamente aos funcionários públicos da Prefeitura de São Fidélis que estão com problemas relacionados à conta e cartões necessários para o recebimento de salário.

O atendimento será realizado das 9 horas da manhã ás 15 horas.

 

 

 

Mais do SFn