quinta-feira , 13 dezembro 2018

Caminhoneiros deixam Ponto de Pergunta, mas permanecem parados em Friburgo, Macuco e Pádua Caminhoneiros afirmaram que vão voltar para Ponto de Pergunta na próxima segunda

Caminhoneiros afirmaram que vão voltar para Ponto de Pergunta na próxima segunda

Caminhoneiros deixaram Ponto de Pergunta

A greve dos caminhoneiros chegou ao 6º dia. Nos mercados, falta pão e outros alimentos. Falta medicamentos nas farmácias e produtos médicos nos hospitais. Postos estão sem combustíveis desde quinta-feira (24/05).

Ontem o Presidente Michel Temer acionou as forças federais – Exército, Marinha, Aeronáutica e Polícia Rodoviária Federal (PRF) – para retirar os caminhões das rodovias, mas muitos caminhoneiros resistiram. De acordo com o Governo Federal, restam 596 pontos de concentração de caminhões nas estradas brasileiras.

Comunico que acionei as forças federais de segurança para desbloquear as estradas e estou solicitando aos senhores governadores que façam o mesmo. Não vamos permitir que a população fique sem gêneros de primeira necessidade. Não vamos permitir que os hospitais fiquem sem insumos para salvar vidas. Não vamos permitir que crianças sejam prejudicadas pelo fechamento de escolas”, disse o presidente.

Em algumas delas, como em Campos, os caminhoneiros deixaram a pista principal [BR-101] e o acostamento, mas foram para estradas vicinais e a Estrada dos Ceramistas. Em nossa região, caminhoneiros permanecem parados em Macuco, Nova Friburgo e Santo Antônio de Pádua.

Macuco

Em Pádua, cerca de 40 veículos, de acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, permanecem em um posto no km 23 da RJ-186. Já os caminhoneiros que estavam em Ponto de Pergunta, no cruzamento da RJ-192 com RJ-116, deixaram o local, mas afirmaram que voltam na próxima segunda.

Em Nova Friburgo, caminhoneiros seguem concentrados na RJ-130, altura do bairro Córrego D’antas. Em Macuco, os caminhoneiros estão concentrados na altura do km 138 da RJ-116, na chegada do município.

Você pode ajudar a fazer o SF Notícias. Fez algum registro? Mande fotos e vídeos para o nosso WhatsApp (22) 99793-8976 .


Mais do SFn