quarta-feira , 18 julho 2018

Campos e Macaé estão entre os 123 municípios mais violentos do Brasil Pesquisa mostra ainda que, dos 123 municípios onde se concentram 50% das mortes violentas no Brasil, 33 estão localizados no RJ ou na Bahia

Pesquisa mostra ainda que, dos 123 municípios onde se concentram 50% das mortes violentas no Brasil, 33 estão localizados no RJ ou na Bahia

Fotos: Ilustrativas/ Reprodução

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), divulgada hoje (15), mostra que 50% das mortes violentas no Brasil ocorreram em apenas 123 municípios, o equivalente a 2,2% do total de municípios brasileiros.

De acordo com a pesquisa “Atlas da Violência 2018 – Políticas Públicas e Retratos dos Municípios Brasileiros”, dos 123 municípios onde se concentram metade das mortes violentas no Brasil, 33 estão localizados no Rio de Janeiro ou na Bahia. Os municípios de Campos e Macaé fazem parte da lista.

O estudo analisou 309 municípios – todos aqueles que tinham mais de 100 mil habitantes em 2016 – Os três mais pacíficos, segundo o Atlas da Violência 2018, são: Brusque (SC), Atibaia (SP) e Jaraguá do Sul (SC). Os três mais violentos são: Queimados (RJ), Eunápolis (BA) e Simões Filho (BA).

A pesquisa mostra que Campos apresenta taxas de morte violenta de 55,8 a cada 100 mil habitantes e Macaé de 48,0. Os dados analisados são de 2016, último ano disponível no Sistema de Informações sobre Mortalidade do Ministério da Saúde.

O estudo conclui, ainda, que há uma correlação entre as condições educacionais, de oportunidades laborais e de vulnerabilidade econômica e a prevalência de mortes violentas. Para isso, analisou indicadores de educação infanto-juvenil, pobreza, gravidez na adolescência, habitação, mercado de trabalho e vulnerabilidade juvenil. Os municípios com menor acesso à educação, com maior população em situação de pobreza e maiores taxas de desocupação apresentam maiores taxas de mortalidade violenta.


Mais do SFn