quinta-feira , 20 setembro 2018

Cansado de esperar pelo poder público, empresário compra barro para tapar buracos na RJ-186, em Pádua "Rodovia está péssima, deplorável e caótica", disse um morador

"Rodovia está péssima, deplorável e caótica", disse um morador

Diversas estradas do Estado do Rio de Janeiro foram abandonadas pelo Departamento de Estradas e Rodagens (DER) e pelo governo do estado. Em nossa região, importantes rodovias estão intransitáveis, como a RJ-152 (Cantagalo / Itaocara), RJ-194 (Pureza / Cambuci) e a RJ-192 (São Fidélis / Itaocara).

Outra rodovia que também está em péssimas condições é a RJ-186, em Santo Antônio de Pádua. A via é uma importante ligação entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, fazendo interligação com o estado do Rio e a BR-356.

Esta semana, cansado de esperar por uma ação do poder público, um pequeno empresário de Pádua decidiu comprar barro e, com os próprios funcionários, fez uma operação tapa-buracos no trecho entre o distrito de Marangatu e a divisa com o município mineiro de Pirapetinga. O empresário gastou cerca de R$ 200 ao fazer um serviço que vai durar até a próxima chuva, mas que vai amenizar a situação e ajudar os motoristas nesse tempo, algo que deveria ter sido feito pelo estado.

Segundo Almir Cler, um dos usuários da via, a RJ-186 está “péssima, deplorável e caótica”. Almir fez um vídeo mostrando a ação feita pelos moradores.


Mais do SFn