quinta-feira , 21 setembro 2017

Cantagalo: Seca castiga o maior produtor bovino da região serrana

seca cantagalo 1
Fotos: Gilmar Marques

Desde a última quinta-feira, 16 de outubro, os produtores rurais do município de Cantagalo, o maior produtor  bovino da região serrana do estado, com quase 50 mil cabeças, estão recebendo 16 toneladas diárias de cana-de-açúcar, adquirida de produtores de Conceição de Macabu, no Norte do estado, para garantir parte da alimentação do rebanho, que tem sofrido muito com a estiagem que assola boa parte do país nos últimos dez meses.

De acordo com o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, cada tonelada do produto custa, em média, R$ 115, valor que está sendo custeado pelos próprios criadores.

A Prefeitura de Cantagalo, através das secretarias municipais de Desenvolvimento Agropecuário e de Viação e Transportes, está garantindo o transporte da cana-de-açúcar, que vai beneficiar pequenos produtores cadastrados em programas como o Pronaf (Programa Nacional de Agricultura Familiar), o que representa mais de 80% do total.

seca cantagalo 4“Na quinta-feira (16), o primeiro dia de transporte, trouxemos apenas três toneladas, mas, agora, são 16 toneladas ao dia, pois estamos utilizando dois grandes caminhões da Prefeitura, o que não resolve, mas ajuda a minimizar os graves impactos que essa seca tem causado aos nossos produtores”,  disse o prefeito Saulo Gouvea, que esteve reunido com os secretários Rodrigo Vollú (Desenvolvimento Agropecuário) e Alcemir Grimião (Viação e Transportes) discutindo as ações de socorro aos pecuaristas.

Somente nos últimos dias, os produtores, especialmente de São Sebastião do Paraíba e de Boa Sorte, respectivos quarto e quinto distritos do município, já perderam mais de 30 animais, entre  bezerros e adultos, que morreram por falta de alimentação e água. Em São Sebastião do Paraíba, as propriedades mais distantes do Rio Paraíba do Sul, que corta a localidade, sofrem com o desaparecimento da água. Poços, antes fartos, agora não passam de buracos e terra rachada.

seca cantagalo 5“O gado não tem o que comer e o produtor, a maioria descapitalizada, não tem condição de arcar com os custos de rações, que são investimentos altos. É uma das maiores catástrofes dos últimos tempos. E a gente não precisa de nenhum especialista para saber disso, é só conversar com moradores da região. Os mais velhos, com mais de 70 anos de idade, garantem nunca terem visto estiagem como esta, nem o Rio Paraíba do Sul com um nível tão baixo”, explica Rodrigo Vollú, que também preside o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável.

Se não chover logo, e bastante, os produtores vão arcar prejuízos ainda maiores, o que causa um enorme impacto econômico, pois a grande vive da produção de leite. “A gente sente o desespero no semblante de cada um deles, e não temos como não nos emocionarmos com toda essa situação. Estamos fazendo o possível, mas a situação é bastante grave”, declara o prefeito Saulo Gouvea.

seca cantagalo 3

Fonte: Ascom


Mais do SFn

SFn