terça-feira , 21 novembro 2017
Parede do transbordo na rua Theodoro Gouvea

Caramujos africanos começam a se alastrar pelo centro de São Fidélis

caramujos africanos
Caramujos fotografados em Dez/13 no Montese

No mês de dezembro do ano de 2013 nossa equipe recebeu por uma rede social uma denúncia de uma moradora do bairro Montese, sobre uma infestação de caramujos.

No local existia uma  grande quantidade de caramujos que aparentavam ser da espécie africana. Para a comprovação da espécie entramos em contato com professores de biologia  do CEDERJ( Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro) onde foi constatado que os caramujos encontrados no bairro eram da espécie Achatina Fulica ( caramujo – Africano). Na época entramos em contato com a Secretaria de Meio Ambiente, com a vigilância Sanitária e com a Secretária de Saúde onde todos os responsáveis pelas áreas informaram que iriam tomar as providências cabíveis. (Relembre aqui.)

Após seis meses, nossa equipe retornou ao local e recebeu as mesmas reclamações dos moradores. Segundo eles nada foi feito.

buraco encontrada no transbordo
buraco encontrado na estação de transbordo

Agora além do bairro Montese os moluscos começaram a aparecer também no centro da cidade. Na rua Teodoro Gouveia de Abeu, os moluscos foram encontrados em uma parede  na estação de transbordo que fica atrás da 141° DP de São Fidéis, onde também foi fotografado uma abertura que oferecendo perigo aos cidadãos que precisam utilizar o local.

O São Fidélis Notícias tentou contato com os responsáveis  pelas secretarias que operam nessas áreas com problemas que foram citadas nesta matéria, mas ninguém foi encontrado para falar sobre o caso.

O caramujo-africano é uma espécie considerada praga em diversos países do mundo. Foi introduzido ilegalmente no Brasil na década de 80, com o intuito de oferecer um substituto mais interessante economicamente e de maior peso que o escargot.

Estes caramujos não encontraram predadores naturais à sua altura e se multiplicaram rapidamente, invadindo diversos tipos de ecossistemas brasileiros.

Os caramujos-africanos são  hospedeiros de duas espécies de verminoses que acometem os seres humanos.

 

 


Mais do SFn