quarta-feira , 13 novembro 2019

Casimiro de Abreu confirma mais dois casos de febre amarela Ao todo, cinco moradores foram diagnosticados com a doença, sendo que um deles, morreu

Ao todo, cinco moradores foram diagnosticados com a doença, sendo que um deles, morreu

Fotos: SF Notícias

A Prefeitura de Casimiro de Abreu confirmou em sua página oficial no facebook que mais dois moradores do município foram diagnosticados com febre amarela. Com mais estes dois casos, sobe para cinco o números de pessoas infectadas com o vírus na cidade. 

Os primeiros casos confirmados em Casimiro foram do pedreiro Watila Santos, de 38 anos, do vizinho dele, Alessandro Valença Couto, de 37 anos, e  Joaquim de Oliveira Santos, de 45 anos. Os dois últimos já receberam alta. Watila morreu no hospital da cidade.

Agora a Secretaria de Estado de Saúde confirmou a presença do vírus em Jairo Bochorny, de 68 anos, que segue internado no Hospital dos Servidores, no Rio de Janeiro, e Pedro Oliveira dos Santos, que não precisou ficar internado, mas teve a doença confirmada. Ele é tio de Watila.

Caso suspeito em São Fidélis 

Permanece na Associação Hospitalar Armando Vidal o jovem que foi internado com suspeita de febre amarela. Segundo a mãe do estudante, o resultado que irá apontar a presença de febre amarela ainda não ficou pronto, mas que outros exames deram negativos para dengue. 

Após passar um final de semana acampando no Parque Estadual do Desengano – que fica entre Campos, São Fidélis e Santa Maria Madalena – o jovem começou a sentir dores e a ter febre na noite de quarta (15/03). Ele foi ao hospital, onde foi medicado e liberado. Já na quinta, o estudante retornou à unidade com os mesmos sintomas e ficou internado e permanece até hoje. Ainda de acordo com a mãe, ele apresentou melhoras, mas ainda encontra dificuldades para se alimentar.

Mais do SFn