policia-ambiental-ceramica-campos

Cerâmicas são interditadas em operação da Polícia Ambiental, Ministério do trabalho e Inea

a34eweedhjhgk

Duas cerâmicas foram interditadas em uma operação realizada pela Polícia Ambiental, Inea e Ministério do Trabalho na manhã desta sexta-feira (16/09) em Campos. Segundo informações da 3ª Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual do Desengano ceramica(3ª UPAm), as cerâmicas estavam funcionado sem licenciamento.

De acordo com a Polícia Ambiental, nas duas cerâmicas, que ficam nas localidades de Saturnino Braga e São Sebastião, foram encontradas irregularidades nas leis trabalhistas.

A Polícia Ambiental informou ainda, que no momento em os policiais estavam chegando a uma das cerâmicas, localidade no km 22 da RJ-216, km 22, em Saturnino Braga, o proprietário estava saindo do local. Ele foi abordado, e dentro do carro, no banco do carona, foi encontrado um revólver de calibre 38 com seis munições. Ele apresentou um certificado de registro de arma de fogo datado de 1985 sem legalidade.

Os proprietários das duas cerâmicas foram encaminhados para a 134ª Delegacia Legal no Centro de Campos, onde o caso está sendo registrado. As cerâmicas irão ser periciadas por peritos do Posto Regional de Polícia Técnica Científica.

wertyuiopliopoi

SFn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *