Chefe de quadrilha que aplicava golpes em site falso de leilões de carros é preso no Rio Os estelionatários chegaram a recriar um endereço que fingia ser do Detran e diziam que os veículos tinham sido apreendidos por falta de pagamento de impostos

Os estelionatários chegaram a recriar um endereço que fingia ser do Detran e diziam que os veículos tinham sido apreendidos por falta de pagamento de impostos

Policiais da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) prenderam o líder de uma quadrilha que praticava estelionato por meio de sites de leilões falsos. Ele foi encontrado e preso em um apartamento em Jacarepaguá, na Zona Oeste. No imóvel foram apreendidos R$ 6 mil e cartões de banco com nomes falsos. De acordo com o delegado titular da DRCI, Pablo Sartori, o grupo age criando site falso de leilão de carros. A vítima acessa o site, ganha o suposto leilão, paga pelo veículo e só depois descobre se tratar de um golpe.

Ainda segundo o delegado, o núcleo da quadrilha funciona em São Paulo e tem ramificação no Rio de Janeiro. O líder foi preso e os outros cinco integrantes da quadrilha que atua no estado já foram identificados. Ao menos 100 vítimas já caíram no golpe e a polícia já identificou pelo menos 30 sites falsos. Os estelionatários chegaram a recriar um endereço que fingia ser do Detran e diziam que os veículos tinham sido apreendidos por falta de pagamento de impostos.

Mais do SFn