terça-feira , 21 novembro 2017

Ciclista fidelense competirá em Campeonato Peruano

Fotos: Manuela Escalla
Fotos: Manuela Escalla

O fidelense Edgar Damasceno Sobrinho de 19 anos, ciclista profissional na modalidade Downhill há 3 anos, recebeu um convite para participar da 5ª etapa do campeonato Peruano de ciclismo no país, que começará no dia 05 de julho na província de Huancayo, sendo o único representante brasileiro de sua categoria.

O ciclista recebeu nossa equipe na oficina de bicicletas onde trabalha há 4 anos, e em entrevista relatou que desde criança sempre teve o sonho de viver da bicicleta, praticava o esporte apenas por hobby até os 16 anos, que foi quando começou a ir para algumas competições e a treinar semanalmente, mas afirmou que não foi fácil no início.

“Quando comecei a me interessar pela prática profissional do ciclismo, passei a treinar bastante e a participar das corridas, mas no começo não conseguia nenhum título, faltava mais preparo e experiência, mas com o passar do tempo fui buscando melhorar e nunca desisti. Hoje acredito que essa conquista da competição no exterior, não seria possível sem meu comprometimento e esforço.” Disse o atleta.

Ele já participou de várias competições, só no ano passado conseguiu nove vitórias em primeiro lugar, dentre as nove corridas na qual participou, em regiões do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Santos e Espirito Santo, onde fez o melhor tempo entre todos os competidores. Já no ultimo final de semana, participou de uma competição em Aperibé e conquistou o segundo melhor tempo e ganhou em sua categoria.

“Agora o meu foco está inteiramente na competição do Peru, estou me dedicando já um mês para esse evento, desde SAM_0463o dia 25/05 que foi quando me mandaram a confirmação da minha participação.” Relatou o competidor.

Sua forma de treinamento é nos finais de semana no modo específico para a competição e diariamente mantêm uma alimentação saudável, corre apé, treina o físico e pedala na bicicleta para tentar alcançar distâncias maiores. Em sua categoria será o único brasileiro, sendo que irão mais quinze competidores do Brasil de outras categorias, que é dividido por idade, qualificação técnica e tipo de bicicleta, e a de Edgar é a ultima categoria, que no caso é uma bicicleta que é rígida, que têm suspensão.

Ele disse ainda, que estar fazendo o que gosta e começar a receber reconhecimento por isso, é a melhor experiência que está vivendo, uma oportunidade que está tentando aproveitar ao máximo, por ser algo que não acontece sempre, e que sem a ajuda dos amigos e da família que também os apoiaram muito, nada disso seria possível.

“Eu aconselho para as pessoas que têm um sonho e que acham ser impossível, jamais desistirem dele, correr atrás ao máximo que puder, porque nada na vida vem de “mão beijada”, é preciso correr atrás, batalhar e querer se aperfeiçoar sempre, se você têm um sonho, independente de qual seja, acredite que é ele é possível e corra atrás.” Afirmou Edgar, expressando emoção pela sua experiência.

Festa-de-São-Fidélis-foto-Vinnicius-Cremonez-2O atleta terminou dizendo que pelas pessoas que o ajudaram ele é muito grato, e que ir para o exterior lhe proporcionará a realização de dois sonhos ao mesmo tempo, que é o de correr fora do Brasil e o de visitar outro país, por isso a alegria está sendo em dobro.

Edgar viajará para o Rio de Janeiro quarta-feira que vem (02), onde seguirá para o Peru, chegando no seu destino sexta-feira e retornando para o Brasil no domingo.


Mais do SFn