Barreira em São João da Barra, parque fechado em Cordeiro e patrulha em Campos

Cidades da região montam barreiras sanitárias, restringem acesso e criam patrulhas para manter ruas vazias Em muitas cidades da região, o comércio considerado não essencial está fechado; parques, praças e outros espaços públicos estão interditados

Em muitas cidades da região, o comércio considerado não essencial está fechado; parques, praças e outros espaços públicos estão interditados

Praça fechada em Pádua
Bancos retirados de Praça em Duas Barras

Além de determinar a suspensão do atendimento ao público dos estabelecimentos comerciais não essenciais para o momento, algumas prefeituras estão interditando praças, parquinhos infantis, academias populares e outras unidades públicas, com fitas de isolamento, para evitar aglomerações de pessoas e a propagação do novo coronavírus em cidades da região. Em duas Barras, por exemplo, a prefeitura retirou bancos da praça central e instalou tanques com água e sabão para que aqueles moradores que precisarem ir as ruas, possam lavar as mãos. Algumas prefeituras estão tomando outras medidas mais rígidas, como a restrição de entrada nas cidades e a criação de patrulhas que fazem rondas para garantir que não haja nenhuma aglomeração. Em muitas dessas cidades, os alto-falantes das viaturas do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar estão sendo usados para pedir a população que fique em casa. A matéria sobre a retirada dos bancos e a colocação de tanques em Duas Barras pode ser revista AQUI. (continua após o vídeo)

Barreira em Trajano de Moraes

Em Santa Maria Madalena, como o SF Notícias noticiou ontem (22), o Prefeito Beto Verbicário, anunciou que irá restringir o acesso de pessoas ao município a partir desta segunda (23). “Peço a contribuição de todos que tenham parentes e amigos visitando aqui, que liguem para eles e que não venham para Santa Maria Madalena. Vamos fazer um cinturão de proteção ao nosso município”, disse o prefeito em um vídeo. O objetivo é evitar aglomerações e a propagação do coronavírus na cidade. A Prefeitura de Trajano de Moraes também restringiu o acesso ao município. Apenas moradores de retorno e veículos de entrega de mercadorias podem entrar. “Já começamos a montar as nossas barreiras. Elas contam com profissionais da saúde que estão medindo temperatura das pessoas com termômetros adquiridos para medir à distância”, diz a postagem do prefeito Rodrigo Viana. Em alguns pontos do município, foram colocadas manilhas e até terra para impedir a passagem. (continua após a foto)

Barreira Quissamã

Cidades como Carapebus, Quissamã e São João da Barra montaram barreiras sanitárias nas entradas das cidades. Essas barreiras são compostas por profissionais da área da saúde, de fiscalização e de segurança pública, assim como Defesa Civil. Já Campos, Conceição de Macabu, Miracema, Nova Friburgo, Santo Antônio de Pádua e outras cidades da região criaram uma espécie de patrulha; um comboio com veículos da Defesa Civil, da Polícia Militar, da Guarda Municipal, do Corpo de Bombeiros e do setor de postura para fiscalizar se os estabelecimentos estão fechados e se não há aglomerações. Em Campos (foto), a patrulha é formada por pelo menos seis viaturas. Já em Itaperuna, a Guarda Municipal juntamente com os fiscais da Vigilância Sanitária estão nas ruas fazendo a fiscalização. Todas as medidas tomadas por essas prefeituras buscam conter o avanço do novo coronavírus.

Mais do SFn