sexta-feira , 18 janeiro 2019

Colégios em Campos, Friburgo, Miracema e Pádua terão aulas teóricas de direção O programa abrangerá 46 colégios, sendo 22 no interior. No fim do curso, 250 alunos ganharão o direito de fazer as aulas práticas de graça na Escola Pública de Trânsito do Detran

O programa abrangerá 46 colégios, sendo 22 no interior. No fim do curso, 250 alunos ganharão o direito de fazer as aulas práticas de graça na Escola Pública de Trânsito do Detran

Sinal verde para os alunos da rede estadual. O governo criou junto com o Detran e a Secretaria Estadual de Educação o curso extracurricular de aulas teóricas de direção em escolas de ensino médio em tempo integral. O convênio foi assinado nesta quinta-feira (17) pelo governador Luiz Fernando Pezão, pelo presidente do Detran, Leonardo Jacob, e pelo secretário Wagner Victer, no Palácio Guanabara. O programa abrangerá 46 colégios, sendo 22 no interior.

Ao todo, o projeto Trânsito na Escola beneficiará 1.150 estudantes, com as aulas previstas para começar em junho. Pelo projeto, examinadores do Detran atuarão como professores de direção, permitindo que os jovens possam fazer a prova de legislação no processo para obtenção da carteira de motorista assim que completarem 18 anos e concluírem o ensino médio. No fim do curso, 250 alunos ganharão o direito de fazer as aulas práticas de graça na Escola Pública de Trânsito do Detran.

— A iniciativa é importante pois leva o jovem, em sua formação na escola, a aprender noções de leis de trânsito. Perdemos muitas vidas no país por falta de informação como não atravessar na faixa de pedestre e usar a moto sem capacete. São muitos acidentes que geram um grande encargo para o estado em sua área de saúde. A iniciativa é louvável e vamos trabalhar para que se estenda para toda a rede estadual de ensino — afirmou o governador.

O conteúdo didático será ainda maior do que o oferecido pelas autoescolas, e com a carga horária duplicada. Enquanto os alunos daqueles estabelecimentos são obrigados a assistir a 45 horas de lições teóricas, os das escolas estaduais terão 90.

— A ideia é formar o motorista e o cidadão ao mesmo tempo. Por isso, estamos lançando o programa durante o Maio Amarelo, porque a educação é um meio poderoso para reduzirmos a quantidade de vítimas de acidentes no trânsito. Conseguimos baixar esse número em 22% no ano passado, mas podemos fazer muito mais no futuro a partir desses jovens — explicou o presidente do Detran.

Veja abaixo as escolas da nossa área que irão receber o projeto:

Colégio Estadual Almirante Barão de Teffé (Santo Antônio de Pádua)

Colégio Estadual Deodato Linhares (Miracema)

Colégio Estadual Nelson Pereira Rebel (Campos)

Colégio Estadual Benta Pereira (Campos)

Colégio Estadual Canadá (Nova Friburgo)


Mais do SFn