Com onda de calor, Defesa Civil de Itaocara orienta sobre cuidados com a saúde Município terá mais uma semana de muito calor, com temperaturas acima dos 36°C

Município terá mais uma semana de muito calor, com temperaturas acima dos 36°C

Fotos: SF Notícias

A onda de calor que atua na região desde o final de dezembro tem trazido desconforto para a população. Com a previsão de mais dias de muito calor em Itaocara, a Defesa Civil divulgou orientações de como minimizar os efeitos do calor e manter a saúde em dia.

Segundo o órgão, uma das principais orientações é quanto ao consumo de água. “É importante beber pelo menos dois litros de água por dia. Os sucos naturais também ajudam a hidratar, e para quem não tem problema com diabetes, o refrigerante a base de chapéu-de-couro também é uma boa opção. As bebidas alcoólicas devem ser evitadas, principalmente as quentes”.

Já em relação ao consumo de água para as tarefas do dia a dia, a Defesa Civil atenta para a economia. “Banhos para refrescar o corpo são essenciais, mas devem ser rápidos, não mais que 10 minutos. Sempre fechar a torneira nos intervalos de uso (como ao lavar as louças, escovar os dentes, entre outros). Não lavar quintais, ruas e calçadas: sempre opte por varrer com vassoura o chão. Evite encher piscinas com a água da torneira, pois o alto consumo prejudica o abastecimento. E para quem mora em área com abastecimento precário, o armazenamento de água em caixas ou outros recipientes reservas (galões de 20 litros ou baldes com tampa) pode minimizar o transtorno”. 

A exposição ao sol também exige cuidados como uso de filtro solar – de preferência os que têm fatores acima de 30 FPS – além de, se possível, evitar andar sob o sol entre 10h e 17h. Bonés, chapéus e óculos de sol são bons aliados nesta época.

Aqueles que querem aproveitar o verão curtindo em rios, praias e cachoeiras, também precisam ter atenção redobrada. Em Itaocara, a Defesa Civil orienta que o Rio Paraíba do Sul deve ser evitado por não haver controle de qualidade da água e falta de guarda-vidas. “Prefira piscinas de clubes ou balneários, pois esses geralmente adotam regras para segurança dos frequentadores” – ressalta o órgão.

Também devem ser tomados cuidados com a alimentação nesta época do ano. Alimentos de fácil digestão, como frutas, legumes e hortaliças devem ter preferência. As carnes de frango e peixe também são boas opções. Todos os alimentos devem ser consumidos frescos.

Os bichinhos de estimação também devem receber cuidados especiais. “Se for viajar, prefira levá-los ou deixe-os em espaços como hotel para pets. Mantenha sempre seu animal hidratado com água fresca à disposição e evite passear com ele com no chão quente. Se for passear com o animal em veículo, mantenha-o em uma gaiola especial presa ao cinto de segurança no banco traseiro e jamais deixe-o no veículo com o ar-condicionado desligado. Se seu cãozinho baba demais e se as mucosas estão escuras, é momento de levá-lo para um local fresco, hidratá-lo com água fresca (mas não muito gelada, pois causaria a morte do animal) e encaminhá-lo a um veterinário” – orienta a Defesa Civil.


Mais do SFn